PUBLICIDADE
Topo

Bella Thorne é criticada por declaração sobre o Onlyfans: 'Que audácia'

"Todo mundo do meu feed de notícias está seguindo os meus passos", disse atriz - Instagram/Reprodução
"Todo mundo do meu feed de notícias está seguindo os meus passos", disse atriz Imagem: Instagram/Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/12/2020 12h11

Bella Thorne, atriz, compositora, cantora e diretora de filmes pornôs, deseja agregar mais um título à sua biografia: o de pioneira no site OnlyFans, que comercializa conteúdo adulto. A declaração da artista de que ela chegou primeiro na plataforma gerou revolta em alguns usuários e outras pessoas que a utilizam.

A atriz de 23 anos aproveitou o final de semana para desabafar nas redes sociais, insinuando que o site adulto é famoso agora, mas que foi ela quem contribuiu para isso no começo. "Todo mundo entrando para o OnlyFans, mas eu levei o golpe por ser a primeira. Legal!", falou, e ainda se gabou: "É verdade, todo mundo do meu feed de notícias está seguindo os meus passos".

O desabafo da intérprete de Allison, em "A Babá: Rainha da Morte" (2020), não caiu bem no Instagram. "Que audácia", comentou uma fã. "Ei, Bella Thorne, tenho ganhado a minha vida com o OnlyFans há cerca de um ano e meio, depois de ter visto o sucesso que outras profissionais do sexo de lá vinham tendo há bastante tempo. Me explique novamente como você foi a primeira? Não está claro na minha linha do tempo", indagou outra fã.

Bella entrou para OnlyFans em agosto de 2020, e faturou cerca de US$ 1 milhão (R$ 5 milhões), segundo seu agente, em apenas um dia após vender fotos em que, supostamente, estaria nua. A estrela também foi duramente criticada por este episódio. Mulheres que também lucravam com a plataforma hot "denunciaram" Bella Thorne, alegando que ela anunciava pacotes de fotos nuas por 200 dólares, quando, na verdade, estaria vestida. O alto faturamento em menos de 24 horas fez com que o site aumentasse a taxa cobrada aos produtores de conteúdo.

"Eu queria chamar atenção para o site, quanto mais pessoas no site, mais chances de tabus serem normalizados. E ao tentar fazer isso eu machuquei vocês", falou. Segundo Bella, suas ações queriam beneficiar à classe de pessoas que vivem da pornografia, a fim de quebrar preconceitos e normalizar esse tipo de conteúdo - proibido para menores de idade.

"Eu arrisquei a minha carreira algumas vezes para tentar quebrar o tabu por trás de profissionais do sexo, pornografia e o ódio que as pessoas nutrem por assuntos relacionados ao sexo. Eu escrevi e dirigi pornografia sob os olhares julgadores de meus colegas e empresários porque eu queria ajudar com o tabu por trás do sexo", encerrou a atriz.