PUBLICIDADE
Topo

Novela

Chiquititas


Chiquititas hoje: Tomás Ferraz ganha a premiação de cantor revelação

Pedro Lemos como Tomás Ferraz em Chiquititas (Divulgação / SBT) - Reprodução / Internet
Pedro Lemos como Tomás Ferraz em Chiquititas (Divulgação / SBT) Imagem: Reprodução / Internet

Colaboração para o UOL

07/01/2021 01h01

O capítulo de hoje de Chiquititas, novela do SBT escrita por Iris Abravanel, tem como destaque participação de Tomás Ferraz em premiação, e vai ao ar às 20h50.

Leia abaixo o resumo de hoje:

A cantora Negra Li também participa da premiação e concede entrevista assim que chega à festa. A repórter diz que além da música, também é fã do cabelo dela. Negra Li diz que por nada alisaria as madeixas. Pata fica feliz com o que assiste na TV. Enquanto isso, Miguel consegue entrar no porão do orfanato Raio de Luz. Valentina diz que irá levar Gabriela para encontrar Miguel. Cintia pede para José Ricardo autorizar ela a mandar as crianças para um acampamento de férias. Duda pede para ir junto com as chiquititas. Matias está triste, pois não quer ir para os Estados Unidos para estudar, como seu pai está forçando ele a fazer. Negra Li ganha um troféu na premiação e agradece os votos recebidos. A cantora também faz um show e canta a música "Você vai estar na minha". Enquanto assistem ao show, as chiquititas dançam no orfanato. Tomás Ferraz ganha a premiação de cantor revelação. Assim que ele sobe ao palco para agradecer, é surpreendido por Roberto Leal. O verdadeiro cantor português diz que Tomás Ferras é uma fraude e que a música "A Festa Ainda Pode Ser Bonita" é de verdadeira autoria dele. Os dois brigam pelo troféu no palco. No dia seguinte, Tobias e Beto discutem sobre a canção.

Cris faz uma campanha na internet para apoiar Tomás Ferraz. Cintia avisa que todos irão para um acampamento de férias. Todos comemoram. Vivi pensa em algum jeito de avisar Matias sobre a viagem. Eduarda pede para Maria Cecília colocar uma câmera escondida na estante da sala para provar que Glorinha está lhe maltratando. Matias foge do aeroporto para não ir para os Estados Unidos. Valentina leva Gabi até a igreja abandonada para ver Miguel. Ao chegar no local, Gabi repete algumas vezes o nome de Miguel, porém, quando seu grande amor do passado aparece, ela fica agitada e com medo. Miguel decide sair do local para acalmar Gabriela, que não o reconhece, talvez, devido a máscara. Matias liga para Duda e pede ajuda para poder se esconder. Vivi vai até a mansão de Matias para avisar o namorado que todos do orfanato irão viajar para um acampamento de férias, mas é surpreendida com a notícia de que ele foi para os Estados Unidos e fica decepcionada ao achar que ele não se despediu dela.

Os pais de Matias vão até o orfanato, por acreditar que o menino foi para lá atrás de Vivi. Miguel grita pelo túnel do orfanato. O rapaz sofre por Gabriela não o reconhecer e culpa a cicatriz que ele tem no rosto. Gabriela sofre de um grave bloqueio psicológico desde que acreditou que ele e sua filha tivessem morrido. Glorinha não demora muito e volta a maltratar Eduarda. A mulher força Eduarda a comer macarrão de forma agressiva. Matias, com a ajuda de Duda, liga para Vivi e diz para ela que os dois precisam se ver. Matias havia fugido do aeroporto para não precisar ir para os Estados Unidos e ficar longe da namorada. Érica fica preocupada com a repercussão negativa do prêmio, que revelou que a música de Tomás Ferraz foi roubada de Roberto Leal. Glorinha chama Eduarda de inútil e ao tentar jogá-la no sofá descobre que o celular dela está na estante filmando tudo. Glorinha diz que irá apagar as imagens. Eduarda cai no chão. Shirley Santana entra no apartamento e diz que mesmo Eduarda não merecendo foi fazer uma visita. Ela fica surpresa ao ver Eduarda caída no chão. Eduarda pede para ela pegar seu celular que está com Glorinha. Shirley e Glorinha correm uma atrás da outra e acabam aos tapas no sofá. Duda leva Matias até o orfanato. Vivi sugere que ele vá com elas para o acampamento. Mili alerta sobre o perigo. Roberto Leal vai até o Café Boutique para uma reunião com Beto e Tomás Ferraz. Beto tenta convencer que estavam apenas divulgando a música "A Festa Ainda Pode Ser Bonita". Não demora muito e Tomás Ferraz, que na verdade é Tobias disfarçado, começa a discutir com o verdadeiro cantor português e autor da música, Roberto Leal. Shirley liga para Eduarda e pede para ela ir imediatamente para o apartamento de Eduarda. Junior acompanha Maria Cecília. A mulher fica muito irritada ao saber de tudo e chama a polícia para prender Glorinha. Eles descobrem que ela estava sendo procurada pelas autoridades por ter maltratado uma criança e uma idosa. Roberto Leal diz que irá brigar com Tomás Ferraz e Beto na justiça. Maria Cecília convence Shirley a cuidar de Eduarda. Matias passa a noite com os meninos, no orfanato, antes de irem para o acampamento. Os pais de Matias sofrem sem saber onde está o menino.


Cintia diz para Armando que precisa se livrar de Mili o quanto antes

Valentina entrega a comida para moradores de rua e Carmen passa a achar que ela disse a verdade. Os meninos tentam novamente fazer a aproximação do jogador de futebol Alexander e Thiago, que diz ser filho dele. Uma repórter de celebridades aparece no local e decide filmar o encontro dos dois, que chamou de "grande bomba". Alexander diz que não possui filho algum. Duda vê que sua mãe (que está em outro país) postou uma foto com seu novo namorado e o filho dele. O menino acha que a mãe não fala direito com ele, pois está feliz com outra família. Duda diz que acha que foi adotado. José Ricardo explica que não faz sentido isso. Thiago passa a achar que talvez seja filho de outro jogador famoso. Matilde provoca Dani, que após cair da escada está momentaneamente numa cadeira de rodas. Matilde, que finge ser Ernestina, diz que a menina jamais voltará a andar. Dani responde que o doutor Fernando falou que ela voltará a andar. Matilde ironiza e diz que os médicos falam isso apenas para dar falsa esperança. Valentina diz para Miguel que Duda acha que é adotado. Miguel pede para a mãe ficar atenta ao garoto, pois para ele Duda pode ser seu filho. Ana e Tati brincam de vender bijuterias. Dani se recusa a fazer exercícios de fisioterapia e diz para Junior e Carol que sabe que não voltará a andar. Na diretoria do orfanato, Cintia e Armando conversam sobre recuperar os quadros que levam ao tesouro. Armando tenta deixar o assunto de lado para beijar Cintia. Tati vai pedir bijuterias para Cintia e como a porta da diretoria está aberta, flagra os dois quase se beijando. A menina larga a pulseira da Mili no chão e sai correndo. O barulho interrompe Armando e Cintia. Tati diz para Vivi que viu Cintia olhando de maneira intima para Armando. Vivi pede pra Tati não contar isso para ninguém, pois Cintia pode querer mandá-las para orfanatos diferentes. Incentivada pela avó e pela mãe, Maria Cecília liga para Junior, que explica estar no orfanato. Maria Cecília está com ciúmes e preocupada com o fato de Junior passar a ver mais Carol. Matilde avisa Cintia que a pulseira é de Mili. Cintia acha que foi Mili que viu ela quase beijando Armando. Valentina leva Duda para tomar sorvete e tenta se aproximar do garoto. Cintia chama Mili em sua sala e pergunta se a menina não tem nada que ela queira dizer. Mili estranha e diz que não. Cintia diz para Armando que precisa se livrar de Mili o quanto antes, pois acha que ela está mentindo e que viu os dois juntos. Mili diz para Pata que estranhou as perguntas de Cintia. A diretora descobre que crianças com idade superior a 12 anos podem ser transferidas de instituição e logo pensa em Mili, que está 13 anos. Cintia diz para Matilde que contará que a transferência de orfanatos é obrigatória e não opcional para pré-adolescentes com idade a partir de 12 anos. Cintia vai aproveitar que José Ricardo está fora da cidade para agilizar tudo. Duda pergunta para sua mãe se é adotado. Através da internet, a mãe dele diz que não e aproveita para contar como ele nasceu. Valentina ouve tudo e fica um pouco triste, pois estava com expectativa que ele fosse filho de Miguel. Fernando vai ao orfanato e explica para Dani que é importante ela se empenhar e fazer todo tratamento para voltar a andar. Cintia diz para Mili que não tem uma boa notícia e que José Ricardo recebeu um documento da Vara da Juventude que diz que eles não podem acolher crianças com idade acima de 12 anos e que ela será transferida. Cintia explica que Mili precisa ser transferida pelo menos momentaneamente até ela reverter a situação. Mili fica decepcionada e chora muito. Cintia diz que Mili não pode contar nada para ninguém, pois senão o pessoal do orfanato pode tentar impedir a transferência, o que resultaria numa altíssima multa e fechamento do Raio de Luz. Se sentindo culpada, Mili aceita as recomendações de Cintia, que está mentindo para a chiquitita. Valentina quase é flagrada por Matilde no porão do orfanato. Valentina diz para Miguel que a suspeita dela está errada e que Duda não é o filho dele. Clarita confessa pra Francis que ainda gosta de Beto. Mili acaba revelando para Pata tudo o que Cintia lhe contou. Pata alerta Mili de que Cintia não iria lhe trazer de volta. Cintia avisa que ela será transferida no dia seguinte e que ela não deve se despedir de ninguém para evitar tumultos.

Cintia diz para Armando que precisa se livrar de Mili o quanto antes

Valentina entrega a comida para moradores de rua e Carmen passa a achar que ela disse a verdade. Os meninos tentam novamente fazer a aproximação do jogador de futebol Alexander e Thiago, que diz ser filho dele. Uma repórter de celebridades aparece no local e decide filmar o encontro dos dois, que chamou de "grande bomba". Alexander diz que não possui filho algum. Duda vê que sua mãe (que está em outro país) postou uma foto com seu novo namorado e o filho dele. O menino acha que a mãe não fala direito com ele, pois está feliz com outra família. Duda diz que acha que foi adotado. José Ricardo explica que não faz sentido isso. Thiago passa a achar que talvez seja filho de outro jogador famoso. Matilde provoca Dani, que após cair da escada está momentaneamente numa cadeira de rodas. Matilde, que finge ser Ernestina, diz que a menina jamais voltará a andar. Dani responde que o doutor Fernando falou que ela voltará a andar. Matilde ironiza e diz que os médicos falam isso apenas para dar falsa esperança. Valentina diz para Miguel que Duda acha que é adotado. Miguel pede para a mãe ficar atenta ao garoto, pois para ele Duda pode ser seu filho. Ana e Tati brincam de vender bijuterias. Dani se recusa a fazer exercícios de fisioterapia e diz para Junior e Carol que sabe que não voltará a andar. Na diretoria do orfanato, Cintia e Armando conversam sobre recuperar os quadros que levam ao tesouro. Armando tenta deixar o assunto de lado para beijar Cintia. Tati vai pedir bijuterias para Cintia e como a porta da diretoria está aberta, flagra os dois quase se beijando. A menina larga a pulseira da Mili no chão e sai correndo. O barulho interrompe Armando e Cintia. Tati diz para Vivi que viu Cintia olhando de maneira intima para Armando. Vivi pede pra Tati não contar isso para ninguém, pois Cintia pode querer mandá-las para orfanatos diferentes. Incentivada pela avó e pela mãe, Maria Cecília liga para Junior, que explica estar no orfanato. Maria Cecília está com ciúmes e preocupada com o fato de Junior passar a ver mais Carol. Matilde avisa Cintia que a pulseira é de Mili. Cintia acha que foi Mili que viu ela quase beijando Armando. Valentina leva Duda para tomar sorvete e tenta se aproximar do garoto. Cintia chama Mili em sua sala e pergunta se a menina não tem nada que ela queira dizer. Mili estranha e diz que não. Cintia diz para Armando que precisa se livrar de Mili o quanto antes, pois acha que ela está mentindo e que viu os dois juntos. Mili diz para Pata que estranhou as perguntas de Cintia. A diretora descobre que crianças com idade superior a 12 anos podem ser transferidas de instituição e logo pensa em Mili, que está 13 anos. Cintia diz para Matilde que contará que a transferência de orfanatos é obrigatória e não opcional para pré-adolescentes com idade a partir de 12 anos. Cintia vai aproveitar que José Ricardo está fora da cidade para agilizar tudo. Duda pergunta para sua mãe se é adotado. Através da internet, a mãe dele diz que não e aproveita para contar como ele nasceu. Valentina ouve tudo e fica um pouco triste, pois estava com expectativa que ele fosse filho de Miguel. Fernando vai ao orfanato e explica para Dani que é importante ela se empenhar e fazer todo tratamento para voltar a andar. Cintia diz para Mili que não tem uma boa notícia e que José Ricardo recebeu um documento da Vara da Juventude que diz que eles não podem acolher crianças com idade acima de 12 anos e que ela será transferida. Cintia explica que Mili precisa ser transferida pelo menos momentaneamente até ela reverter a situação. Mili fica decepcionada e chora muito. Cintia diz que Mili não pode contar nada para ninguém, pois senão o pessoal do orfanato pode tentar impedir a transferência, o que resultaria numa altíssima multa e fechamento do Raio de Luz. Se sentindo culpada, Mili aceita as recomendações de Cintia, que está mentindo para a chiquitita. Valentina quase é flagrada por Matilde no porão do orfanato. Valentina diz para Miguel que a suspeita dela está errada e que Duda não é o filho dele. Clarita confessa pra Francis que ainda gosta de Beto. Mili acaba revelando para Pata tudo o que Cintia lhe contou. Pata alerta Mili de que Cintia não iria lhe trazer de volta. Cintia avisa que ela será transferida no dia seguinte e que ela não deve se despedir de ninguém para evitar tumultos.

Cintia diz para Armando que precisa se livrar de Mili o quanto antes

Valentina entrega a comida para moradores de rua e Carmen passa a achar que ela disse a verdade. Os meninos tentam novamente fazer a aproximação do jogador de futebol Alexander e Thiago, que diz ser filho dele. Uma repórter de celebridades aparece no local e decide filmar o encontro dos dois, que chamou de "grande bomba". Alexander diz que não possui filho algum. Duda vê que sua mãe (que está em outro país) postou uma foto com seu novo namorado e o filho dele. O menino acha que a mãe não fala direito com ele, pois está feliz com outra família. Duda diz que acha que foi adotado. José Ricardo explica que não faz sentido isso. Thiago passa a achar que talvez seja filho de outro jogador famoso. Matilde provoca Dani, que após cair da escada está momentaneamente numa cadeira de rodas. Matilde, que finge ser Ernestina, diz que a menina jamais voltará a andar. Dani responde que o doutor Fernando falou que ela voltará a andar. Matilde ironiza e diz que os médicos falam isso apenas para dar falsa esperança. Valentina diz para Miguel que Duda acha que é adotado. Miguel pede para a mãe ficar atenta ao garoto, pois para ele Duda pode ser seu filho. Ana e Tati brincam de vender bijuterias. Dani se recusa a fazer exercícios de fisioterapia e diz para Junior e Carol que sabe que não voltará a andar. Na diretoria do orfanato, Cintia e Armando conversam sobre recuperar os quadros que levam ao tesouro. Armando tenta deixar o assunto de lado para beijar Cintia. Tati vai pedir bijuterias para Cintia e como a porta da diretoria está aberta, flagra os dois quase se beijando. A menina larga a pulseira da Mili no chão e sai correndo. O barulho interrompe Armando e Cintia. Tati diz para Vivi que viu Cintia olhando de maneira intima para Armando. Vivi pede pra Tati não contar isso para ninguém, pois Cintia pode querer mandá-las para orfanatos diferentes. Incentivada pela avó e pela mãe, Maria Cecília liga para Junior, que explica estar no orfanato. Maria Cecília está com ciúmes e preocupada com o fato de Junior passar a ver mais Carol. Matilde avisa Cintia que a pulseira é de Mili. Cintia acha que foi Mili que viu ela quase beijando Armando. Valentina leva Duda para tomar sorvete e tenta se aproximar do garoto. Cintia chama Mili em sua sala e pergunta se a menina não tem nada que ela queira dizer. Mili estranha e diz que não. Cintia diz para Armando que precisa se livrar de Mili o quanto antes, pois acha que ela está mentindo e que viu os dois juntos. Mili diz para Pata que estranhou as perguntas de Cintia. A diretora descobre que crianças com idade superior a 12 anos podem ser transferidas de instituição e logo pensa em Mili, que está 13 anos. Cintia diz para Matilde que contará que a transferência de orfanatos é obrigatória e não opcional para pré-adolescentes com idade a partir de 12 anos. Cintia vai aproveitar que José Ricardo está fora da cidade para agilizar tudo. Duda pergunta para sua mãe se é adotado. Através da internet, a mãe dele diz que não e aproveita para contar como ele nasceu. Valentina ouve tudo e fica um pouco triste, pois estava com expectativa que ele fosse filho de Miguel. Fernando vai ao orfanato e explica para Dani que é importante ela se empenhar e fazer todo tratamento para voltar a andar. Cintia diz para Mili que não tem uma boa notícia e que José Ricardo recebeu um documento da Vara da Juventude que diz que eles não podem acolher crianças com idade acima de 12 anos e que ela será transferida. Cintia explica que Mili precisa ser transferida pelo menos momentaneamente até ela reverter a situação. Mili fica decepcionada e chora muito. Cintia diz que Mili não pode contar nada para ninguém, pois senão o pessoal do orfanato pode tentar impedir a transferência, o que resultaria numa altíssima multa e fechamento do Raio de Luz. Se sentindo culpada, Mili aceita as recomendações de Cintia, que está mentindo para a chiquitita. Valentina quase é flagrada por Matilde no porão do orfanato. Valentina diz para Miguel que a suspeita dela está errada e que Duda não é o filho dele. Clarita confessa pra Francis que ainda gosta de Beto. Mili acaba revelando para Pata tudo o que Cintia lhe contou. Pata alerta Mili de que Cintia não iria lhe trazer de volta. Cintia avisa que ela será transferida no dia seguinte e que ela não deve se despedir de ninguém para evitar tumultos.

Cintia diz para Armando que precisa se livrar de Mili o quanto antes

Valentina entrega a comida para moradores de rua e Carmen passa a achar que ela disse a verdade. Os meninos tentam novamente fazer a aproximação do jogador de futebol Alexander e Thiago, que diz ser filho dele. Uma repórter de celebridades aparece no local e decide filmar o encontro dos dois, que chamou de "grande bomba". Alexander diz que não possui filho algum. Duda vê que sua mãe (que está em outro país) postou uma foto com seu novo namorado e o filho dele. O menino acha que a mãe não fala direito com ele, pois está feliz com outra família. Duda diz que acha que foi adotado. José Ricardo explica que não faz sentido isso. Thiago passa a achar que talvez seja filho de outro jogador famoso. Matilde provoca Dani, que após cair da escada está momentaneamente numa cadeira de rodas. Matilde, que finge ser Ernestina, diz que a menina jamais voltará a andar. Dani responde que o doutor Fernando falou que ela voltará a andar. Matilde ironiza e diz que os médicos falam isso apenas para dar falsa esperança. Valentina diz para Miguel que Duda acha que é adotado. Miguel pede para a mãe ficar atenta ao garoto, pois para ele Duda pode ser seu filho. Ana e Tati brincam de vender bijuterias. Dani se recusa a fazer exercícios de fisioterapia e diz para Junior e Carol que sabe que não voltará a andar. Na diretoria do orfanato, Cintia e Armando conversam sobre recuperar os quadros que levam ao tesouro. Armando tenta deixar o assunto de lado para beijar Cintia. Tati vai pedir bijuterias para Cintia e como a porta da diretoria está aberta, flagra os dois quase se beijando. A menina larga a pulseira da Mili no chão e sai correndo. O barulho interrompe Armando e Cintia. Tati diz para Vivi que viu Cintia olhando de maneira intima para Armando. Vivi pede pra Tati não contar isso para ninguém, pois Cintia pode querer mandá-las para orfanatos diferentes. Incentivada pela avó e pela mãe, Maria Cecília liga para Junior, que explica estar no orfanato. Maria Cecília está com ciúmes e preocupada com o fato de Junior passar a ver mais Carol. Matilde avisa Cintia que a pulseira é de Mili. Cintia acha que foi Mili que viu ela quase beijando Armando. Valentina leva Duda para tomar sorvete e tenta se aproximar do garoto. Cintia chama Mili em sua sala e pergunta se a menina não tem nada que ela queira dizer. Mili estranha e diz que não. Cintia diz para Armando que precisa se livrar de Mili o quanto antes, pois acha que ela está mentindo e que viu os dois juntos. Mili diz para Pata que estranhou as perguntas de Cintia. A diretora descobre que crianças com idade superior a 12 anos podem ser transferidas de instituição e logo pensa em Mili, que está 13 anos. Cintia diz para Matilde que contará que a transferência de orfanatos é obrigatória e não opcional para pré-adolescentes com idade a partir de 12 anos. Cintia vai aproveitar que José Ricardo está fora da cidade para agilizar tudo. Duda pergunta para sua mãe se é adotado. Através da internet, a mãe dele diz que não e aproveita para contar como ele nasceu. Valentina ouve tudo e fica um pouco triste, pois estava com expectativa que ele fosse filho de Miguel. Fernando vai ao orfanato e explica para Dani que é importante ela se empenhar e fazer todo tratamento para voltar a andar. Cintia diz para Mili que não tem uma boa notícia e que José Ricardo recebeu um documento da Vara da Juventude que diz que eles não podem acolher crianças com idade acima de 12 anos e que ela será transferida. Cintia explica que Mili precisa ser transferida pelo menos momentaneamente até ela reverter a situação. Mili fica decepcionada e chora muito. Cintia diz que Mili não pode contar nada para ninguém, pois senão o pessoal do orfanato pode tentar impedir a transferência, o que resultaria numa altíssima multa e fechamento do Raio de Luz. Se sentindo culpada, Mili aceita as recomendações de Cintia, que está mentindo para a chiquitita. Valentina quase é flagrada por Matilde no porão do orfanato. Valentina diz para Miguel que a suspeita dela está errada e que Duda não é o filho dele. Clarita confessa pra Francis que ainda gosta de Beto. Mili acaba revelando para Pata tudo o que Cintia lhe contou. Pata alerta Mili de que Cintia não iria lhe trazer de volta. Cintia avisa que ela será transferida no dia seguinte e que ela não deve se despedir de ninguém para evitar tumultos.