PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Demétrio Magnoli e Guga Chacra discutem ao vivo sobre lockdown em Nova York

Demétrio Magnoli defendeu que há um lockdown em vigor em Nova York, onde Guga Chacra mora - Reprodução
Demétrio Magnoli defendeu que há um lockdown em vigor em Nova York, onde Guga Chacra mora Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

13/01/2021 22h52

O "GloboNews em Pauta" foi palco de mais uma discussão sobre lockdown hoje. Desta vez, Demétrio Magnoli e Guga Chacra discordaram sobre o lockdown em Nova York, onde Guga vive.

Demétrio Magnoli comparou os números de mortos por covid-19 a cada 100 mil habitantes em Nova York e na Flórida, e questionou a eficácia do lockdown em Nova York: "No mundo inteiro a pandemia está explodindo, com ou sem lockdown". Em sua vez de falar, Guga Chacra rebateu: não há lockdown em Nova York.

"Não tem lockdown em Nova York, nem lockdown parcial, não sei de onde surgiu essa informação. Eu estou em Nova York, moro aqui, posso te assegurar: os restaurantes estão abertos só do lado de fora, do lado de dentro não são abertos, as lojas estão abertas, as academias estão abertas. Não há lockdown parcial ou qualquer forma de lockdown em Nova York."

Ele mostrou um gráfico de mortes diárias em Nova York para argumentar que o lockdown foi eficaz em abril, quando foi posto em prática. Demétrio defendeu que o fato de os restaurantes estarem fechados configura um lockdown, e continuou:

"Nova York é um desastre ao longo de toda a pandemia, e isso se vê pelos 205,28 mortos por 100 mil habitantes, uma taxa que é o dobro da Flórida. O desastre em Nova York continua agora. Morre mais gente por semana em Nova York do que na Flórida, não sei porque você elogia tanto o governador Andrew Cuomo."

Guga Chacra disse que não é possível comparar as duas cidades pelas diferenças de clima e densidade populacional, e afirmou: "Há algumas restrições, isso não é lockdown".

A discussão foi interrompida pelo apresentador Marcelo Cosme, e depois Guga voltou a falar sobre o tema no Twitter:

Demétrio Magnoli também protagonizou outra discussão sobre a pandemia no início do mês, quando o comentarista Gerson Camarotti criticava as aglomerações em praias populares como a Praia Grande, em São Paulo.

Televisão