PUBLICIDADE
Topo

Mãe de Gilberto diz aprovar Lucas como genro: 'Vi o carinho dos dois'

BBB 21: Dona Jacira ao lado do filho, Gilberto - Reprodução/Instagram
BBB 21: Dona Jacira ao lado do filho, Gilberto Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/02/2021 06h40

O beijo entre Lucas Penteado e Gilberto, que aconteceu na última festa do BBB 21 realizada no fim de semana, pegou todo mundo de surpresa, menos uma pessoa: dona Jacira Santanna, mãe do economista. Ela deu uma entrevista para a "Quem" dizendo que já havia sentido um clima entre os dois muito anos do beijo.

"Eu já estava notando ali, desde quando ele começou a se aproximar de Lucas para conversar sobre o jogo. Lucas é inteligente e Gilberto gosta de pessoas assim. Ali percebi que tinha algo", relatou ela, que disse aprovar o ator como seu possível genro.

Isso não cabe a mim. Eles que têm que decidir, mas se o romance for para a frente vai ser ótimo. Quero o meu filho feliz. Vi o carinho dos dois. Gosto muito do Lucas. Vi que ele estava na Fátima. Queria eu poder falar com ele também! Adoro o Lucas.

Jacira afirmou ter ficado comovida com o drama de Lucas dentro do programa — a pressão psicológica, principalmente depois da revelação de sua bissexualidade, fez com que ele desistisse do jogo. Segundo ela, Gilberto também passou por momentos parecidos quando ainda procurava entender sua sexualidade.

"Eu como mãe, criei meus filhos praticamente sozinha. A gente percebia uma diferença e quando ele, ainda na adolescência, sentou para conversar comigo, não foi uma surpresa. Sempre apoiei meu filho. Mas ele foi criado na igreja, que é muito preconceituosa em relação a isso. Então, ele queria superar. Foi até para missão para ver se acabava com isso", relembrou.

A igreja ensina que isso passa, que é só uma provação, mas não passa, não. A pessoa nasce assim. Por isso, eu sempre falava: 'Gilberto, vai atrás do que você gosta. Não tenha medo'. Sempre apoiei.

Por fim, Jacira deixou um conselho para os pais que se encontram na mesma situação. "Apoie o seu filho! O mundo pode estar contra o seu filho, mas uma mãe, não. Uma mãe de verdade não vai deixar o seu filho ser infeliz para fazer o gosto dela, vai? Tem que deixar o filho ser feliz! Se o filho tem esse apoio, ele vai longe. Mas se ele tem medo de ser quem ele é fica mais complicado", ponderou.