PUBLICIDADE
Topo

Novela

Chiquititas


Chiquititas hoje: Carmen pede ajuda a Matilde para tirar Carol da direção

Carmen (Giovanna Gold) em cena de Chiquititas (Reprodução / SBT) - Reprodução / Internet
Carmen (Giovanna Gold) em cena de Chiquititas (Reprodução / SBT) Imagem: Reprodução / Internet

Colaboração para o UOL

23/02/2021 01h05

O capítulo de hoje de Chiquititas, novela do SBT escrita por Iris Abravanel, tem como destaque armações de Carmen, e vai ao ar às 20h50.

Leia abaixo o resumo de hoje:

JP fala para Cris que leu a história de Açucena, que na verdade é Mili. Cris inventa que Açucena é prima de consideração de Mili. JP conta que outra pessoa diz ter escrito a história e que gostaria de conhecer quem escreveu. Cris conta para Mili que ela terá que se vestir como outra pessoa e fingir ser Açucena para a história não piorar. JP discute com Renata, que assume não ter escrito a história. Pata e André acabam conversando e se dando bem. O menino a acompanha até o orfanato após o castigo.

Junior faz uma reunião com Armando e Maria Cecília para anunciar que herdou as empresas do Café Boutique. Ele promove Maria Cecília, e Armando fica enciumado. Shirley Santana é chamada no orfanato para tratar do visual de Simão. Após toda mudança no visual, Simão fica com melhor aparência. Pata desabafa com Mili que nenhum garoto gosta dela e que isso a deixa triste. Mili diz que acha que ela está gostando de alguém. Carmen conta com a ajuda de Matilde, que finge ser Ernestina, para fazer de tudo para tirar Carol da direção do orfanato. As duas também tampam a porta do porão do orfanato, onde Miguel fica escondido.


Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani

Mosca e Thiago aparecem e conseguem adiar uma possível briga dos chiquititos com o Janjão, André e Tatu. Matilde segue as orientações de Carmen sobre um novo falso testamento para recuperar Brunilda. Eduarda descobre as dificuldades da comunidade, como sujeira na rua, falta de vaga em creches e escolas. Shirley explica que na comunidade não há depressão e que as coisas são como são. Eduarda acha que o governo deveria investir os impostos de maneira mais certeira pra quem precisa. Shirley diz que é preciso sempre ver o lado bom de tudo. Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani. Na escola, a professora pede para os alunos criarem grupos de quatro pessoas e Bia sobra do grupo das chiquititas (Mili, Pata, Vivi e Cris). Bia entra no grupo de Janu e Bel, que fazem a cabeça da menina contra as amigas. No Café Boutique, o cozinheiro falta e Armando ordena que Beto assuma o posto, embora o garçom não saiba cozinhar. Os pratos dele são devolvidos pelos clientes. Sem que ninguém veja, Armando coloca fogo na cozinha do Café Boutique para acusar Beto. Todos saem correndo do prédio. Clarita desmaia com a fumaça, mas é salva por Francis e Beto. Matilde desiste de tentar descobrir quem é a pessoa que está com Brunilda e deixa o testamento em cima do banco da praça. Assim que reencontra Brunilda, Matilde fica muito feliz. Bia fica irritada e diz para Ana que ninguém é sua amiga de verdade. Carol conversa com Dani a sós na diretoria do orfanato. Carol pergunta se Dani pudesse, se ela gostaria de conhecer seu verdadeiro pai. Dani diz que sim. Carol revela que o pai da menina não está morto e que gostaria de conhecer ela.

Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani

Mosca e Thiago aparecem e conseguem adiar uma possível briga dos chiquititos com o Janjão, André e Tatu. Matilde segue as orientações de Carmen sobre um novo falso testamento para recuperar Brunilda. Eduarda descobre as dificuldades da comunidade, como sujeira na rua, falta de vaga em creches e escolas. Shirley explica que na comunidade não há depressão e que as coisas são como são. Eduarda acha que o governo deveria investir os impostos de maneira mais certeira pra quem precisa. Shirley diz que é preciso sempre ver o lado bom de tudo. Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani. Na escola, a professora pede para os alunos criarem grupos de quatro pessoas e Bia sobra do grupo das chiquititas (Mili, Pata, Vivi e Cris). Bia entra no grupo de Janu e Bel, que fazem a cabeça da menina contra as amigas. No Café Boutique, o cozinheiro falta e Armando ordena que Beto assuma o posto, embora o garçom não saiba cozinhar. Os pratos dele são devolvidos pelos clientes. Sem que ninguém veja, Armando coloca fogo na cozinha do Café Boutique para acusar Beto. Todos saem correndo do prédio. Clarita desmaia com a fumaça, mas é salva por Francis e Beto. Matilde desiste de tentar descobrir quem é a pessoa que está com Brunilda e deixa o testamento em cima do banco da praça. Assim que reencontra Brunilda, Matilde fica muito feliz. Bia fica irritada e diz para Ana que ninguém é sua amiga de verdade. Carol conversa com Dani a sós na diretoria do orfanato. Carol pergunta se Dani pudesse, se ela gostaria de conhecer seu verdadeiro pai. Dani diz que sim. Carol revela que o pai da menina não está morto e que gostaria de conhecer ela.

Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani

Mosca e Thiago aparecem e conseguem adiar uma possível briga dos chiquititos com o Janjão, André e Tatu. Matilde segue as orientações de Carmen sobre um novo falso testamento para recuperar Brunilda. Eduarda descobre as dificuldades da comunidade, como sujeira na rua, falta de vaga em creches e escolas. Shirley explica que na comunidade não há depressão e que as coisas são como são. Eduarda acha que o governo deveria investir os impostos de maneira mais certeira pra quem precisa. Shirley diz que é preciso sempre ver o lado bom de tudo. Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani. Na escola, a professora pede para os alunos criarem grupos de quatro pessoas e Bia sobra do grupo das chiquititas (Mili, Pata, Vivi e Cris). Bia entra no grupo de Janu e Bel, que fazem a cabeça da menina contra as amigas. No Café Boutique, o cozinheiro falta e Armando ordena que Beto assuma o posto, embora o garçom não saiba cozinhar. Os pratos dele são devolvidos pelos clientes. Sem que ninguém veja, Armando coloca fogo na cozinha do Café Boutique para acusar Beto. Todos saem correndo do prédio. Clarita desmaia com a fumaça, mas é salva por Francis e Beto. Matilde desiste de tentar descobrir quem é a pessoa que está com Brunilda e deixa o testamento em cima do banco da praça. Assim que reencontra Brunilda, Matilde fica muito feliz. Bia fica irritada e diz para Ana que ninguém é sua amiga de verdade. Carol conversa com Dani a sós na diretoria do orfanato. Carol pergunta se Dani pudesse, se ela gostaria de conhecer seu verdadeiro pai. Dani diz que sim. Carol revela que o pai da menina não está morto e que gostaria de conhecer ela.

Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani

Mosca e Thiago aparecem e conseguem adiar uma possível briga dos chiquititos com o Janjão, André e Tatu. Matilde segue as orientações de Carmen sobre um novo falso testamento para recuperar Brunilda. Eduarda descobre as dificuldades da comunidade, como sujeira na rua, falta de vaga em creches e escolas. Shirley explica que na comunidade não há depressão e que as coisas são como são. Eduarda acha que o governo deveria investir os impostos de maneira mais certeira pra quem precisa. Shirley diz que é preciso sempre ver o lado bom de tudo. Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani. Na escola, a professora pede para os alunos criarem grupos de quatro pessoas e Bia sobra do grupo das chiquititas (Mili, Pata, Vivi e Cris). Bia entra no grupo de Janu e Bel, que fazem a cabeça da menina contra as amigas. No Café Boutique, o cozinheiro falta e Armando ordena que Beto assuma o posto, embora o garçom não saiba cozinhar. Os pratos dele são devolvidos pelos clientes. Sem que ninguém veja, Armando coloca fogo na cozinha do Café Boutique para acusar Beto. Todos saem correndo do prédio. Clarita desmaia com a fumaça, mas é salva por Francis e Beto. Matilde desiste de tentar descobrir quem é a pessoa que está com Brunilda e deixa o testamento em cima do banco da praça. Assim que reencontra Brunilda, Matilde fica muito feliz. Bia fica irritada e diz para Ana que ninguém é sua amiga de verdade. Carol conversa com Dani a sós na diretoria do orfanato. Carol pergunta se Dani pudesse, se ela gostaria de conhecer seu verdadeiro pai. Dani diz que sim. Carol revela que o pai da menina não está morto e que gostaria de conhecer ela.

Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani

Mosca e Thiago aparecem e conseguem adiar uma possível briga dos chiquititos com o Janjão, André e Tatu. Matilde segue as orientações de Carmen sobre um novo falso testamento para recuperar Brunilda. Eduarda descobre as dificuldades da comunidade, como sujeira na rua, falta de vaga em creches e escolas. Shirley explica que na comunidade não há depressão e que as coisas são como são. Eduarda acha que o governo deveria investir os impostos de maneira mais certeira pra quem precisa. Shirley diz que é preciso sempre ver o lado bom de tudo. Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani. Na escola, a professora pede para os alunos criarem grupos de quatro pessoas e Bia sobra do grupo das chiquititas (Mili, Pata, Vivi e Cris). Bia entra no grupo de Janu e Bel, que fazem a cabeça da menina contra as amigas. No Café Boutique, o cozinheiro falta e Armando ordena que Beto assuma o posto, embora o garçom não saiba cozinhar. Os pratos dele são devolvidos pelos clientes. Sem que ninguém veja, Armando coloca fogo na cozinha do Café Boutique para acusar Beto. Todos saem correndo do prédio. Clarita desmaia com a fumaça, mas é salva por Francis e Beto. Matilde desiste de tentar descobrir quem é a pessoa que está com Brunilda e deixa o testamento em cima do banco da praça. Assim que reencontra Brunilda, Matilde fica muito feliz. Bia fica irritada e diz para Ana que ninguém é sua amiga de verdade. Carol conversa com Dani a sós na diretoria do orfanato. Carol pergunta se Dani pudesse, se ela gostaria de conhecer seu verdadeiro pai. Dani diz que sim. Carol revela que o pai da menina não está morto e que gostaria de conhecer ela.

Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani

Mosca e Thiago aparecem e conseguem adiar uma possível briga dos chiquititos com o Janjão, André e Tatu. Matilde segue as orientações de Carmen sobre um novo falso testamento para recuperar Brunilda. Eduarda descobre as dificuldades da comunidade, como sujeira na rua, falta de vaga em creches e escolas. Shirley explica que na comunidade não há depressão e que as coisas são como são. Eduarda acha que o governo deveria investir os impostos de maneira mais certeira pra quem precisa. Shirley diz que é preciso sempre ver o lado bom de tudo. Sai o resultado de DNA e Bruno realmente é o pai de Dani. Na escola, a professora pede para os alunos criarem grupos de quatro pessoas e Bia sobra do grupo das chiquititas (Mili, Pata, Vivi e Cris). Bia entra no grupo de Janu e Bel, que fazem a cabeça da menina contra as amigas. No Café Boutique, o cozinheiro falta e Armando ordena que Beto assuma o posto, embora o garçom não saiba cozinhar. Os pratos dele são devolvidos pelos clientes. Sem que ninguém veja, Armando coloca fogo na cozinha do Café Boutique para acusar Beto. Todos saem correndo do prédio. Clarita desmaia com a fumaça, mas é salva por Francis e Beto. Matilde desiste de tentar descobrir quem é a pessoa que está com Brunilda e deixa o testamento em cima do banco da praça. Assim que reencontra Brunilda, Matilde fica muito feliz. Bia fica irritada e diz para Ana que ninguém é sua amiga de verdade. Carol conversa com Dani a sós na diretoria do orfanato. Carol pergunta se Dani pudesse, se ela gostaria de conhecer seu verdadeiro pai. Dani diz que sim. Carol revela que o pai da menina não está morto e que gostaria de conhecer ela.