PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Deborah Secco lembra personagem soropositiva: 'Me ampliou a visão do mundo'

Deborah Secco (Foto: Reprodução) - Reprodução / Internet
Deborah Secco (Foto: Reprodução) Imagem: Reprodução / Internet

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/02/2021 15h33

Deborah Secco tinha 34 anos quando viveu Judite no filme "Boa Sorte". A atriz saiu de sua zona de conforto na atuação e estourou no cinema nacional na época. Hoje, com 41, ela relembra a personagem com carinho, em entrevista ao Gshow.

"É a mulher com mais vida que passou por mim. Judite mudou a minha forma de enxergar o mundo, né? Não só isso, ela mudou minha forma de enxergar o que de fato vale a pena, o que é estar vivo, o que é a morte. Ela me ampliou a visão do mundo grandemente", explicou Deborah, sobre a personagem soropositiva, viciada em drogas, que vive um romance transformador com um adolescente em uma clínica de reabilitação.

A atriz mergulhou no drama da personagem e passou por uma transformação radical. Em 45 dias, ela perdeu 12 quilos com dieta rigorosa. Ficou reclusa e introspectiva. Irreconhecível fisicamente. Quando o longa de Carolina Jabor chegou às telonas, veio a consagração de público e crítica.

Deborah diz não se arrepender de tanta entrega. Ao contrário, ela torce para aparecer um papel que exija a mesma dedicação e paixão:

"Estou louca por outra personagem que me exija transformações não só físicas, mas evoluções emocionais também."

Não demorou muito para a artista recuperar seu peso normal, de 55 quilos, mas não foi um processo fácil, ela lembra: "Foi uma recuperação difícil, porque eu não segui todas as recomendações médicas e acabei comendo muitas coisas num dia só quando saí da dieta, e passei mal. Foi um luto emocional, de saudade da Judite também, mais do que um luto físico. Então foi a recuperação difícil, mas não me arrependo nem por um segundo."

Logo após as filmagens, Deborah foi parar no hospital e precisou ser internada: "Foi intoxicação alimentar mesmo que me levou até o hospital, eu comi muitas coisas. E também acho que uma leve depressão, talvez de ausência. Todas as vezes que me despeço de uma grande personagem eu fico levemente depressiva, de saudade", revelou ela.

Recentemente, a atriz relembrou outra personagem marcante de sua carreira: "Bruna Surfistinha". Ela contou o que fez com o cachê do filme.

Famosos