PUBLICIDADE
Topo

Ex-BBB Gizelly Bicalho sobre cancelamento: 'Incentivar o ódio pode matar'

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/02/2021 04h00

A ex-BBB Gizelly Bicalho falou sobre o cancelamento que ganhou notoriedade nas redes sociais na edição deste ano do reality show durante participação no "OtaLab" no UOL nesta quinta (25).

As pessoas que mais geram ódio na internet são as bolinhas azuis, aquelas que são verificadas e estão na mídia. Elas fazem legendas com deboche e meme, mas um dia antes de a pessoa sair do BBB pedem para termos empatia. Incentivar o ódio pode matar

Gizelly Bicalho - Reprodução/Vídeo - Reprodução/Vídeo
Gizelly Bicalho
Imagem: Reprodução/Vídeo

A ex-sister também desabafou e disse que sofreu do mesmo mal em sua participação na última edição do "BBB".

Desde abril do ano passado eu só durmo à base de remédio. Voltei a ter depressão e ainda recebo mensagens que não mereço

Gizelly Bicalho - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Gizelly Bicalho
Imagem: Reprodução/Instagram

Para a advogada, as pessoas que estão na mídia têm um poder de voz maior do que outros e precisam pensar muito bem antes de incitar o ódio nas redes sociais.

Eu com 4,5 milhões de seguidores penso muito bem antes de colocar qualquer coisa na minha rede social. Ao sair do jogo aquilo ali acaba e como fica a vida aqui fora depois? Eu sofri muito com isso e não desejo pra ninguém.