PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Lucas prevê Juliette como vencedora do BBB e Sarah como apresentadora de TV

Lucas Penteado no Altas Horas - Reprodução/TV Globo
Lucas Penteado no Altas Horas Imagem: Reprodução/TV Globo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

28/02/2021 12h25

Lucas Penteado foi um dos convidados do "Altas Horas" deste sábado (27). Durante o programa, ele comentou sua participação no "BBB 21" e falou sobre os favoritos da temporada: Gilberto Nogueira, Sarah Andrade e Juliette Freire.

Questionado sobre para quem torce e o que espera do futuro dos brothers, Lucas dissertou. "São três contextos diferentes. A Sarah, quando sair de lá, ela vai ter emprego em qualquer emissora de TV brasileira. A menos que os diretores não tenham visto que essa mulher é um arraso falando, um arraso sempre apresentadora", iniciou.

"O Gil, não sei se é verdade, passou em uma prova para fazer universidade no Texas", continuou.

Por fim, em tom confiante, ele declarou que Juliette já ganhou o "BBB 21": "A Juliette... É milionária, não tem ideia", encerrou o ex-brother.

Ataque de Nego Di

Apesar da comoção do público nas redes sociais com a entrevista de Lucas, nem todo mundo ficou satisfeito.

Em seu perfil no Instagram, Nego Di desabafou. "Tava vendo 'Altas Horas' aqui e fiquei bem incomodado porque o Lucas tocou no meu nome e eu vou falar: tô cansado de fingir que nada aconteceu", disse.

"O cara vai no programa e fala que eu falei pra ele que ele defende vagabundo e que vários filhos são arrancados de suas mães e que isso atinge diretamente a periferia. Como se ele não soubesse sobre o que realmente foi nossa discussão. E muita gente realmente me pergunta por que eu falei aquilo", continuou.

"Eu tive conversas com o Lucas que eu não gostaria de ter tido. Ele me colocou em situações que eu não gostaria de ter entrado. Quem me acompanha sabe que eu sou um cara que tento controlar meu temperamento, mas às vezes fica difícil. Eu tive conversas com o Lucas, antes daquele dia da cozinha, que foi onde eu explodi com ele, onde ele falou que não conhecia um policial que fosse honesto, que fosse correto. E ele tava invertendo os valores, dizia que o correto era o cara que era bandido porque não tinha opção etc e tal", contou.

"Eu também vim do nada. Tive menos oportunidade que o Lucas e eu nunca coloquei a justificativa na minha situação pra fazer nada de errado. Essa era a minha discussão e ele sabia disso", esclareceu. "Ele tava querendo fazer uma inversão e queria fazer com que eu concordasse. E eu falava 'mano, pra tua verdade tá certa, a minha não tem que estar errada. Cada um tem suas vivências, opiniões e tá tudo certo'. Só eu sei o que a gente viveu lá dentro e a galera que tá lá", lembrou ele.

"Quero saber como é que vai ser depois que todo mundo sair e ver que a Globo tá ocultando coisas que aconteceram lá dentro. Eu vi o Lucas discutindo com meninas lá dentro, apontando o dedo na cara delas, sendo bem agressivo. Vi umas cinco chorando, tremendo na minha frente por causa dele. Aí que eu me coloquei contra ele. Eu vi ele falando essa questão de dizer que todo policial é bandido, corrupto, pior que os bandidos que ele conhecia. Eu vi o Lucas fingindo que tava incorporado lá dentro pra assustar as meninas. Agora no 'Altas Horas' ele tá dizendo que tiraram sarro de religiões de matriz africana. Ele foi o primeiro a fazer isso", acusou Di.

"Ele disse também que sofreu homofobia lá dentro. A primeira pessoa a questionar realmente se ele era bissexual ou se ele tava fazendo aquilo pra permanecer na casa foi a Sarah. Ela inclusive usou o termo 'topa tudo por dinheiro'. Ela ficou usando o termo 'topa tudo por dinheiro' daquela hora até a hora que eu peguei no sono. Eu tava deitado, já no quarto, e ela tava repetindo isso pra todo mundo. Então, tipo assim, eu quero entender, Globo, onde é que foram parar esses registros?", questionou.

"Eu vi que a galera tá falando do veto, que eu vetei ele da prova. O cara olhou no meu olho e falou pra mim que ia pegar o big fone pra me colocar no paredão. Aí eu ia vetar quem? Se eu já não falava com o cara. É jogo. As pessoas não entenderam que é jogo e querem condicionar nosso caráter ao jogo", pontuou.

Famosos