PUBLICIDADE
Topo

Televisão

Apresentador do 'É de Casa' chora com mortes por covid-19: 'Isso é luto'

Manoel Soares chorou ao falar da morte de pessoas próximas, em razão do coronavírus - Reprodução/Instagram
Manoel Soares chorou ao falar da morte de pessoas próximas, em razão do coronavírus Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

06/03/2021 17h16

Manoel Soares, um dos apresentadores do "É de Casa", chorou na manhã de hoje ao contar que perdeu seis pessoas próximas durante a semana em razão da covid-19. No encerramento do programa, ele disse que fazer o programa foi "difícil" e pediu que os espectadores sigam protocolos de segurança sanitária.

"Quero pedir que você se cuide. Eu, infelizmente, essa semana tive a tristeza de perder seis pessoas próximas a mim por conta da covid-19. Uma dessas pessoas é irmão do nosso maquiador, o Lucas. O irmão dele, Luciano, infelizmente faleceu. Lucas, força no coração", disse.

"Hoje, fazer o programa para mim foi difícil, tive muita vontade de chorar, mas eu peço força para todo mundo. Eu quero dizer que essa tristeza na minha cara não é 'mimimi', não. Isso é luto", conclui com a voz embargada, recebendo apoio das coapresentadoras, Patrícia Poeta e Ana Furtado.

Na última quinta, o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, voltou a minimizar a pandemia do novo coronavírus, classificando as determinações de fechamento de atividades não essenciais como "frescura" e "mimimi".

Ao longo do programa, o "É de Casa" mostrou a luta de profissionais de saúde em meio ao aumento de casos diários, que chegaram a números recordes esta semana.

Televisão