PUBLICIDADE
Topo

Meghan diz que teve que discutir sobre cor da pele de filho na gravidez

07.mar.21 - Meghan Markle e Harry concedem entrevista juntos pela primeira vez desde que anunciaram saída da realeza - Handout/Harpo Productions/Joe Pugliese v
07.mar.21 - Meghan Markle e Harry concedem entrevista juntos pela primeira vez desde que anunciaram saída da realeza Imagem: Handout/Harpo Productions/Joe Pugliese v

Do UOL, em São Paulo

07/03/2021 23h00

Meghan Markle, a duquesa de Sussex, revelou que a Família Real discutiu a cor de pele de seu filho Archie enquanto ela estava grávida. Meghan é negra e seu marido, Harry, assim como toda a família britânica, é branca.

"Houve várias preocupações e conversas sobre o quão escura seria a pele dele quando nascesse", contou Meghan. "A família teve essas conversas com Harry, que foram então relatadas a mim."

Meghan não contou quais membros da Família Real estavam envolvidos nas conversas. "Isso seria muito prejudicial a eles".

Harry também não quis compartilhar detalhes da discussão. "Essa conversa, eu nunca vou compartilhar. Na época, foi estranho, fiquei um pouco chocado", disse. "Mas foi logo no início", acrescentou.

A duquesa disse que, nas viagens pela comunidade britânica, ela observou que grande parte da população desses locais é negra. E comentou o quão importante é para essas pessoas sentirem-se representadas.

A duquesa também contou que a Instituição Real negou proteção ao filho Archie. "Eles não queriam que o bebê fosse uma princesa ou príncipe. Quando o pai do Harry se tornar rei, automaticamente Archie se tornaria príncipe. Não é direito deles tirar isso do Archie. Eles querem mudar a regra para o Archie, por quê?".

Na entrevista, o casal também revelou que o bebê que estão esperando é uma menina, que nascerá no verão no Hemisfério Norte.

Saída conturbada

Em janeiro do ano passado, Harry e Meghan anunciaram a saída da realeza britânica. Os dois abriram mãos dos títulos reais e patronatos, se mudaram para os EUA e não precisam mais assumir compromissos da realeza e nem mesmo contar com o dinheiro público da monarquia.

Em entrevista ao "Late Late Show" com James Corden, Harry revelou ter tomado a atitude de abdicar da realeza após o tratamento cruel conferido pela imprensa à sua família.

"Todos nós sabemos como a imprensa britânica pode ser, e ela estava destruindo minha saúde mental, eu pensava 'isso é tóxico'. Então fiz o que qualquer marido e qualquer um faria, pensei 'preciso tirar minha família daqui'".

Desde o casamento dos dois, em 2018, Meghan se tornou um dos alvos favoritos dos tabloides britânicos. Desde a relação difícil com o pai até a escolha de suas roupas, tudo era criticado.

Sendo a primeira negra a entrar na Família Real, Meghan também foi vítima de ataques racistas nas redes sociais. De acordo com a biografia do casal, "Finding Freedom" ("encontrando a liberdade", em tradução livre), a própria Família Real tentou dissuadir Harry da ideia de se casar com Meghan. Eles também nunca se manifestaram sobre os ataques que Meghan recebia.