PUBLICIDADE
Topo

Juliette é favorita, mas Camilla de Lucas pode surpreender, diz Prior

Felipe Prior vê Juliette como favorita no "BBB 21", mas aposta em Camilla de Lucas como surpresa - Reprodução/Instagram @felipeprior
Felipe Prior vê Juliette como favorita no 'BBB 21', mas aposta em Camilla de Lucas como surpresa Imagem: Reprodução/Instagram @felipeprior

Do UOL, em São Paulo

30/03/2021 21h20

O ex-BBB Felipe Prior declarou hoje que considera Juliette Freire como favorita a vencer o "BBB 21", embora veja a Camilla de Lucas como uma boa surpresa.

"Desde o início do jogo, a vitória está muito cravada para a Juliette e será difícil que algum jogador consiga tirar isso dela. Não tenho uma torcida declarada por ninguém, mas acho que a Camilla pode ser sim uma grata surpresa", declarou o arquiteto em entrevista para O Fuxico.

"E tenho me surpreendido também com a Camilla de Lucas. Acho que ela é um nome que a gente pode guardar, porque ainda deve surpreender muito", completou.

Na opinião de Prior, Sarah — que vem rivalizando com Juliette nas últimas semanas — se perdeu no jogo por perseguir a paraibana, que ele considera ser uma excelente jogadora. As duas se juntam a Rodolffo no paredão da semana que será definido hoje à noite.

"Eu não acho que ela está sendo só coração, acho que ela está sendo também uma boa jogadora e está se mantendo fiel a esse jogo", explicou. "[Esse paredão] era um embate que o público estava querendo muito, até pelos últimos acontecimentos. Não sei se era o momento, mas com certeza esse paredão vai movimentar muito o jogo, independente do resultado".

Tido como o grande jogador da 20ª edição do Big Brother Brasil, Prior acredita que o jogo só começou agora, já que a produção começou a forçar os participantes a se movimentarem no jogo.

Acho que a própria produção vem pensando em dinâmicas para dar essa chacoalhada nos participantes e movimentar mais o tabuleiro, porque o paredão falso não deu essa dinâmica que a gente de certa forma esperava. O jogo está ficando com um clima mais leve, menos tóxico e bem mais próximo do entretenimento que a gente espera e precisa para esse momento ainda difícil de pandemia que estamos vivendo. Os jogadores finalmente estão conseguindo ter a rivalidade do jogo e manter o respeito uns aos outros. Por muitos momentos isso chegou a parecer não ser possível para essa edição.

Na entrevista, Prior também revelou que participaria novamente de um reality show, mas só depois que conseguir provar sua inocência no processo de estupro que enfrenta na Justiça.

Eu quero muito participar de outro reality show. Mas não vou fazer isso enquanto não sair a minha inocência no processo. Eu não estaria sendo correto com os meus familiares. Não entraria para continuar sendo julgado por algo que não fiz. Prefiro provar a minha inocência e, aí sim, jogar. Eu entraria para ganhar, muito mais bem preparado, porque na minha edição demorei um tempo para me adaptar.