PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Modelo ganha R$ 565 mil ao mês com análise de pênis de clientes no OnlyFans

Paige Bauer publica fotos sensuais no OnlyFans e faz a análise dos pênis dos fãs - Reprodução/Instagram/@mspaigebauer
Paige Bauer publica fotos sensuais no OnlyFans e faz a análise dos pênis dos fãs Imagem: Reprodução/Instagram/@mspaigebauer

Do UOL, em São Paulo

06/04/2021 10h57

A modelo norte-americana Paige Bauer, de 30 anos, é uma ex-veterana da Força Aérea que lançou uma conta no site adulto OnlyFans em fevereiro do ano passado. Hoje, ela ganha US$ 100 mil (cerca de R$ 565 mil) por mês fazendo "análises" dos pênis de clientes dela na plataforma através de fotos.

Um dos serviços oferecidos pela modelo está a "humilhação do pênis pequeno" no qual os fãs pagam US$ 20 (R$ 112) para que a mulher faça uma avaliação do membro e dê uma pontuação de zero a dez.

"No início, tive dificuldade em acreditar que havia dinheiro para ser ganho por 'insultar' as pessoas, mas é um fetiche de nicho surpreendentemente. Há muita inspiração para o que dizer aos homens enquanto aponta para suas partes íntimas — chamando de coquetel, minhoca ou palito de fósforo."

Somente no primeiro ano de trabalho no OnlyFans, a mulher ganhou US$ 1,3 milhão (R$ 7,3 milhões) e já possui 210 mil seguidores apenas no Instagram onde publica fotos ousadas.

"Eu adoro tirar sarro a pedido deles [clientes]. Assim que eu tenho um novo fã, eu digo 'deixe-me ver essa coisinha' - eles adoram! Além disso, provavelmente vejo mais de 200 fotos [de pênis] por dia."

Paige disse ao site Daily Star que tem clientes casados, principalmente, no Reino Unido e Estados Unidos e afirmou que acha que eles não têm "uma boa vida sexual".

"Alguns deles [clientes] são homens [com pênis] de tamanho médio que só querem que eu zombe de seu membro. Outros, na verdade, são minúsculos e querem que eu lhes diga que nunca os tocaria ou ficaria satisfeita. Muitos dos meus fãs estão no Reino Unido e nos Estados Unidos, a maioria deles são casados ou estão em relacionamentos. Acho que eles não têm uma boa vida sexual! Tenho alguns seguidores que gastam US $ 1.000 [R$ 5,6 mil] ou mais todos os meses para me ouvir falando disso."

O trabalho da mulher ocupa cerca de 16 horas do seu dia conversando com homens online na plataforma, bem diferente do trabalho anterior como assistente administrativa.

"Eu vim do nada e vivo sozinha desde os 19 anos. Tive muitos empregos e por muito tempo lutei apenas para sobreviver, mal ganhando o suficiente para manter um teto sobre minha cabeça."

E continua: "Agora estou trabalhando mais duro do que nunca, mas é em meus próprios termos. Começo o trabalho por volta das 7h da minha cama e termino às 23h, trabalhando até adormecer. Eu amo meu trabalho. Há um grande estigma por aí sobre esta indústria, mas há muito potencial".

Apesar de não receber apoio de algumas pessoas da família desde que postava fotos sensuais nas redes, Paige falou que não se imagina fazendo outro trabalho no momento.

"Eu costumava ser ridicularizada por ser 'abertamente sexual' em minhas fotos no Instagram. E agora eu monetizo esses mesmos 'odiadores'. Não vou minimizar meu apelo sexual para ninguém. Gosto do dia a dia da liberdade e de estar a cargo do meu próprio salário. Mas, mesmo assim, eu não gostaria de fazer mais nada agora."

TV e Famosos