PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Sonia Abrão lembra treta com Tim Maia: 'Me ligou e xingou até minha mãe'

Sonia Abrão disse que Tim Maia xingou até sua mãe durante a ligação - Reprodução/RedeTV
Sonia Abrão disse que Tim Maia xingou até sua mãe durante a ligação Imagem: Reprodução/RedeTV

Do UOL, em São Paulo

14/04/2021 17h52Atualizada em 14/04/2021 19h55

A apresentadora Sonia Abrão, durante participação no canal do YouTube da Sabrina Sato, contou que foi xingada por Tim Maia durante uma chamada no telefone.

Tim Maia ligou para redação, achei até que fosse um trote, pensei 'nossa Tim Maia me ligando, meu ídolo'", relatou Sonia. "Ah, mas para que atendi, Sabrina... ele acabou comigo, xingou até minha mãe. Ele tinha feito um show, se eu não me engano Teatro Bandeirantes, e largou o show porque o som tava todo errado. Eu fui na coluna e critiquei ele.

A apresentadora do "A Tarde É Sua", da RedeTV!, participou do "Cada Um No Seu Banheiro", que é um quadro do canal em que Sabrina recebe um famoso para fugir da rotina e fofocar no banheiro. O vídeo foi lançado hoje às 19h.

Ela também falou da semelhança incrível entre seu filho, Jorge Fernando Damião, e Chorão — seu primo e vocalista da banda Charlie Brown Jr, que faleceu em 2013.

Ele já era parecido desde pequeno. Eu estava procurando uma foto de TBT e, de repente, eu passei na galeria de fotos do meu celular e disse: 'eu não vi essa foto do Alê [apelido de Chorão, que se chamava Alexandre]'. E não era, era o meu filho, o Jorge. Eu olho e fico mais deslumbrada ainda.

Sonia e Chorão foram criados juntos, já que seus pais só tinham um ao outro como irmão. "A gente se considera primos e irmãos", citou.

Na conversa, a apresentadora também comentou sobre as vezes em que foi vítima de machismo. Ela confessou que nunca passou por nenhuma situação de machismo na televisão ou no jornal, mas lembrou que já chegou a ouvir que não trabalhar com rádio porque, supostamente, mulheres só gostavam de ouvir vozes masculinas.

Sofri muito. Eu cheguei a ouvir de um famoso comunicador que eu não teria programa em rádio porque as mulheres não gostavam de ouvir voz de outra mulher. Mulher só gostava de ouvir voz de homem. Era um veículo muito machista.

Questionada sobre a hipótese de se casar novamente, Sonia contou para Sabrina que nunca quis casar de papel passado porque se sentia "asfixiada" pelo casamento. Ela foi casada por 17 anos com o pai de seu filho, o empresário Jorge Damião.

Eu não sou nada a favor da estrutura casamento, mas isso não é de agora, não é porque eu me separei. Eu nunca consegui casar de papel passado, essas coisas que me asfixiavam um pouco. Eu fui adolescente nos anos 80, uma coisa mais feminista, mais independente.

Ela revelou, que enquanto trabalhava em rádio atendendo casos de mulheres, percebeu que todas as mulheres sofriam por amor, por um homem.

Para as mulheres, amor é a própria vida. Para os homens, é uma parte da vida deles. Isso virou uma prisão pra gente, muitas mulheres não conseguem enxergar além disso, enxergar que ela pode viver sozinha.

Sonia chegou a passar 7 horas trancada em um banheiro do Palácio das Convenções do Anhembi só para poder ter a chance de entrevista o cantor Roberto Carlos.

O assessor disse que eu jamais conseguiria. Quando o Roberto passou indo para o camarim — porque ele ia se apontar para fazer o show — eu corri atrás dele e ele disse: 'Quinze minutos tá bom pra vocês? Nossa, foi a glória!

Famosos