PUBLICIDADE
Topo

Gil diz que sua mãe o proibiu de doar parte do prêmio do BBB para a igreja

BBB 21: Gilberto diz que cogitou doar parte do prêmio para a igreja - Reprodução/Globoplay
BBB 21: Gilberto diz que cogitou doar parte do prêmio para a igreja Imagem: Reprodução/Globoplay

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/04/2021 03h29

Na cozinha do vip do "BBB 21", ao longo da madrugada de hoje, Gilberto surpreendeu João Luiz, Fiuk e Juliette ao contar que cogitou doar parte do prêmio máximo do reality show da Rede Globo, mas foi proibido por sua mãe.

Após contar a Fiuk sobre as regras da igreja, o doutorando em economia confessou aos brother que antes do confinamento cogitou doar 10% do prêmio de R$ 1,5 milhão para a comunidade que participa.

Na igreja, tem que guardar os domingos... Mainha falou assim: 'se tu ganhar R$ 1,5 milhão, vai dar o dízimo? Falei: 'tô pensando'.

"Tudo? Vai dar R$ 1,5 milhão pro dízimo?", questionou João Luiz, com semblante assustado. "Não. O dízimo é 10% de R$ 1,5 milhão, mas minha mãe não deixou nada", explicou Gilberto.

O professor de geografia, então, afirmou que não iria opinar sobre a história para evitar polêmica fora da casa. O doutorando em economia contou que não doará em razão da sua mãe.

Então, não posso apenas por conta da minha mãe. Minha mãe me proibiu de pagar dízimo com o prêmio por ser de jogo.

"É de jogos mesmo. Não pode", reafirmou João. "Só por isso. Infelizmente, R$ 150 mil ia pra lá", finalizou Gil.

Agora, a nossa cobertura do BBB 21 também está no Telegram! Para se inscrever, acesse este link ou procure por Splash UOL - BBB21 no aplicativo. Ao encontrar o canal, é só clicar em "entrar" ou "join" e pronto, você vai receber diariamente as principais notícias da reta final do reality.

Quem deve ser eliminado do 'BBB 21'?

Enquete encerrada

Total de 509447 votos
58,57%
Globo/João Cotta
26,92%
Globo/João Cotta
14,51%
Globo/João Cotta
Total de 509447 votos
A votação do UOL não possui caráter cientifico ou influência sobre o resultado do programa da TV Globo

Valide seu voto