PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Ellen DeGeneres diz ter dirigido após tomar drink de maconha e revolta fãs

Ellen DeGeneres é entrevistada por Jimmy Kimmel - Reprodução/YouTube
Ellen DeGeneres é entrevistada por Jimmy Kimmel Imagem: Reprodução/YouTube

Colaboração para o UOL, em São Paulo

22/04/2021 07h23

Ellen DeGeneres causou alvoroço nas redes sociais depois de revelar que bebeu um drink de uma bebida feita com maconha antes de dirigir pra levar sua mulher, Portia de Rossi, para o hospital há algumas semanas. Além disso, ela contou que, na mesma noite, tomou pílulas de melatonina.

"Chelsea Handler me contou sobre essas bebidas de maconha, elas se chamam Cann e têm CBD ou THC - não sei o que é bom. Eu bebi uma e não senti nada, então bebi três e depois tomei dois comprimidos de melatonina para dormir. E eu estou deitada na cama, e percebo que (Portia) não está na cama. Ela está gemendo", explicou a apresentadora em entrevista para Jimmy Kimmel.

Ela prosseguiu relatando a história: "Eu saio da cama e ela está no chão de quatro, e eu disse, 'Você não está bem'. Ela diz, 'Estou bem'. Eu disse: 'Não, a menos que você esteja jogando Twister sozinha, você não está bem'. Então eu a levei às pressas para o pronto-socorro".

Kimmel então questionou se ela levou sua mulher sozinha ao hospital, e ela admitiu que sim. "Quer dizer, eu 'acordei', tipo minha adrenalina, porque eu só tinha que levá-la até lá", justificou, dizendo saber que não era algo seguro. Portia foi diagnosticada com apendicite.

De acordo com a Vana, produtora da bebida Cann — citada por Ellen — a sua linha de drinks com maconha pode variar de potência, tendo mistura de 2 miligramas de THC combinados com 4 miligramas de CBD a 5 miligramas de apenas THC.

A notícia repercutiu nas redes sociais, e muitos usuários do Twitter reclamaram da postura da apresentadora. "Ela é mais do que rica e poderia ter contratado outra pessoa para dirigir. Dirigir chapado é o mesmo que dirigir embriagado. Ela poderia ter matado alguém", disse um deles.

"Cansei da Ellen, ela não é quem ela retrata na TV", acusou outra. "É para isso que servem as ambulâncias", ironizou mais um. "Ela fez o que achou melhor na hora e ninguém se machucou. Portia poderia ter morrido e tudo que vocês querem fazer é criticar a mulher por cuidar de sua esposa! Dirigir chapado não é o mesmo que dirigir bêbado. Pesquisem", disse uma das poucas vozes a defender Ellen.

Famosos