PUBLICIDADE
Topo

Orlando Morais fará live para arrecadar fundos para enfermeiros na pandemia

Cantor Orlando Morais fala da recuperação da covid-19 - Reprodução/TV Globo
Cantor Orlando Morais fala da recuperação da covid-19 Imagem: Reprodução/TV Globo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/05/2021 06h50Atualizada em 11/05/2021 10h16

Orlando Morais foi internado em março para tratar da covid-19, e desde que recebeu alta vem tratando das sequelas da doença. No entanto, ele nunca esqueceu o carinho que recebeu dos enfermeiros que cuidaram dele durante esse período, e agora pretende ajudá-los arrecadando dinheiro em uma "live solidária", que será realizada amanhã, às 20h.

"Esses profissionais, que deixam suas famílias em casa e dão tanto amor para estranhos, têm uma vida muito difícil e não têm nem piso salarial ainda. Por isso, a gente vai lutar junto com eles pela PL 70/2021, que institui o piso para enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem. Tenho muita gratidão por eles", afirmou o cantor em entrevista para a Quem.

O marido de Glória Pires também contou como foi ter passado pela experiência com a covid. "Nunca tinha sofrido tanto fisicamente na minha. Achei que fosse reagir de forma leve, mas tive muita febre e fui direto para a UTI. Não tinha noção do quão duro e sofrido era aquilo de falta de ar e da sensação de afogamento 24 horas. Cada segundo era desesperador", relembrou.

Nos piores momentos, quando estava na UTI, ouvia as vozes dos enfermeiros falando no meu ouvido: 'Coloca os olhos nos seus filhos, lute pelos seus filhos'. Eram como anjos. O amor dessas pessoas e a vontade para que eu ficasse bem me emocionaram muito. Pensei: 'Quando sair daqui, quero cantar para os enfermeiros e retribuir todo esse amor que recebi'. Vou lutar pela causa deles para toda a vida.

Mesmo ainda com sequelas por causa da doença, Orlando garantiu que tem encontrado mais facilidade para cantar do que falar. "Continuo fazendo terapia porque meu pulmão acabou ficando lesionado pela pneumonia. Milagrosamente, sinto mais facilidade para cantar que do para falar. Isso é impressionante. Estou muito feliz em poder voltar", destacou.

A live de Orlando será feita justamente no Dia do Enfermeiro, e vai contar com a participação da escola de samba Portela, de Xande de Pilares, Serginho Procópio e de suas filhas, Antonia Morais e Ana. Toda a renda arrecadada vai ser revertida para o Conselho Federal de Enfermagem.