PUBLICIDADE
Topo

Winits acredita que 'Paulo Gustavo não morreu de covid, morreu de Brasil'

Paulo Gustavo - Divulgação
Paulo Gustavo Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

12/05/2021 09h39

Danielle Winits pediu vacinas para todos em um post dedicado a Paulo Gustavo, que morreu no dia 4 de maio, aos 42 anos de idade, após complicações da covid-19.

"Que a partida deste mais que amor da minha vida e da vida de tantos brasileiros chamado Paulo Gustavo, aliada a perda infindável de todos os outros amores das vidas de alguém, não seja e não fique em vão!"

"Paulo Gustavo não morreu de covid, morreu de Brasil [...] Dessa enferma e decrépita política hostil", acrescentou a atriz na rede social, criticando o governo de Jair Bolsonaro.

No post que anunciava a transmissão no Multishow da missa de sétimo dia de Paulo Gustavo, Winits ainda disse que o descaso com a covid-19 era "adorado, cultuado e capitaneado" pelo "desgovernado governo senil."

Ontem, Thales Bretas, viúvo de Paulo Gustavo, e famosos compartilharam um vídeo em que o humorista falava sobre o desejo de ser vacinado contra a covid-19.

Tatá Werneck, Ingrid Guimarães, Mônica Martelli, Angélica, Preta Gil e Fernanda Gentil compartilharam as imagens às 21h12, horário em que foi registrada a morte do artista em boletim médico divulgado na última semana.