PUBLICIDADE
Topo

Felipe Neto dá sugestão a quem recebeu cloroquina: 'Processar o presidente'

Felipe Neto dá recado a quem recebeu cloroquina: "Processe o presidente" - reprodução/Instagram
Felipe Neto dá recado a quem recebeu cloroquina: 'Processe o presidente' Imagem: reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

17/05/2021 15h23Atualizada em 17/05/2021 22h39

Felipe Neto reagiu rápido ao relatório do Ministério da Saúde que contraindica o uso de cloroquina para tratamento contra a covid-19 e incentivou aqueles que foram tratados com o medicamento a processar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

"Eu acho (só acho) que todo mundo que tem um parente que foi tratado com cloroquina e veio a óbito deveria processar o presidente da República", declarou o youtuber.

Um parecer técnico da Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde) —órgão vinculado ao Ministério da Saúde e que tem o objetivo de assessorar a pasta— contraindica o uso de cloroquina, hidroxicloroquina, azitromicina, remdesivir e ivermectina para tratar pacientes hospitalizados com covid-19.

Esse é o primeiro relatório da Conitec contrário ao uso desses medicamentos desde o início da pandemia. Apesar de contraindicá-los no tratamento de pacientes internados, o documento não faz menção sobre o uso no tratamento precoce da doença.

Até então, o Ministério da Saúde tinha um protocolo com "orientações" sobre o uso de cloroquina e outros medicamentos no tratamento precoce da covid-19, assinado pelo então ministro general Eduardo Pazuello sob pressão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A recusa em assinar tal protocolo levou às demissões de Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich da pasta.