PUBLICIDADE
Topo

Loading promove demissões em massa quase 6 meses após estreia

Loading promove demissões em massa e exibirá apenas programação reprisada - reprodução/Instagram Loading
Loading promove demissões em massa e exibirá apenas programação reprisada Imagem: reprodução/Instagram Loading

Flávio Ismerim

Do UOL, em São Paulo

27/05/2021 19h58Atualizada em 01/06/2021 18h21

A Loading, canal que está no ar desde de dezembro do ano passado, comunicou a seus funcionários hoje que promoverá demissões em massa por conta de um corte de investimentos.

A informação foi confirmada pelo UOL com fontes que fazem parte do corpo de trabalhadores da emissora paulistana.

A decisão foi passada para os funcionários durante uma reunião on-line — já que a Loading tem funcionado em regime de home office por conta da pandemia da covid-19.

"Fomos comunicados hoje em uma reunião sobre os cortes. Sem qualquer aviso, nada. Ninguém imaginava", afirmou uma das fontes que preferiu não se identificar.

Segundo fontes ouvidas, o executivo Anderson Abraços atribui as demissões a uma decisão de corte de investimentos.

Funcionários da emissora estão sendo contactados durante a noite de hoje pelo setor de recursos humanos do canal para agendar horários para assinarem suas demissões amanhã.

Procurada pelo UOL, a Loading não se pronunciou até a publicação dessa matéria.

O canal está no ar desde 7 de dezembro de 2020, ocupando a frequência da antiga MTV Brasil — quando ela ainda passava na TV aberta.

Despedidas do canal

A apresentadora Fernanda Pineda, que estava à frente do programa Multiverso, se despediu do canal e agradeceu aos telespectadores com um conjunto de publicações no Twitter.

"Que emoção foi espalhar mais da cultura pop por esse Brasil! O alcance da TV é inimaginável e eu quero agradecer por terem me recebido tão bem nas suas casas", escreveu.

A página do programa no Twitter trocou seu nome de "Multiverso" para "ex-programa" e publicou a música "Gostava Tanto de Você", do Tim Maia.

Errata: o texto foi atualizado
A informação já foi corrigida.