PUBLICIDADE
Topo

Piloto de helicóptero da Record TV é baleado ao sobrevoar comunidade no Rio

Colaboração para o UOL, no Rio

28/05/2021 10h53Atualizada em 28/05/2021 16h40

O piloto de helicóptero Darlan da Silva Santana, que comandava a aeronave da Record TV foi atingido no joelho direito por uma bala perdida enquanto sobrevoava a comunidade da Mangueira, na zona norte do Rio, na manhã de hoje. Mesmo ferido, ele conseguiu fazer um pouso de emergência no estádio de futebol Nilton Santos, o Engenhão, no bairro vizinho, Engenho de Dentro.

Segundo o Corpo de Bombeiros, ele foi socorrido para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, também na zona norte, onde foi atendido e tem estado de saúde estável.

De acordo com a PM, agentes da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Mangueira teriam sido atacados por criminosos armados durante um patrulhamento na Rua Visconde de Niterói e houve um intenso confronto na região. Ainda segundo a corporação, equipes da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) e do 4º BPM (São Cristóvão) foram acionadas para dar apoio.

A ocorrência está sendo registrada na 17ª DP, que já requisitou a perícia na aeronave para identificar o tipo de armamento que a atingiu e de onde partiram os disparos que feriram o piloto.

Moradores usaram as redes sociais para falar sobre a dificuldade de sair de casa para trabalhar.

"Muito tiro na Mangueira. Se alguém for passar perto daqui muito cuidado!", disse uma moradora. Ainda segundo a Polícia Militar, o policiamento foi reforçado na região.

Nota de repúdio

A Abert (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão), a ANER (Associação Nacional de Editores de Revistas) e a ANJ (Associação Nacional de Jornais) emitiram um comunicado de pesar sobre o incidente, considerado de "extrema gravidade" pelas associações.

"É inaceitável que a imprensa seja submetida a este nível de violência. ABERT, ANER e ANJ seguirão empenhadas em coibir toda e qualquer represália ao trabalho jornalístico e pedem providências imediatas às autoridades locais para o esclarecimento do caso e rigorosa apuração dos fatos", diz a nota de repúdio.