PUBLICIDADE
Topo

Fernanda Souza explica período sabático da TV: 'Estava mentalmente cansada'

Fernanda Souza se diz feliz com o período sabático para descansar. - Reprodução/Instagram
Fernanda Souza se diz feliz com o período sabático para descansar. Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/06/2021 16h21

A atriz Fernanda Souza, de 36 anos, decidiu tirar um período sabático de sua carreira como atriz e apresentadora para descansar. Assim, desde de 2019, ela está curtindo a paz e a tranquilidade da vida sem compromissos profissionais e embarcou num processo de busca do conhecimento do seu 'eu interior'.

Em entrevista ao podcast "Uma estrangeira", Fernanda contou que a decisão de pausar a vida profissional se deu em meio a um turbilhão de trabalhos na internet, teatro e televisão que geravam um cansaço físico e mental pelo seu envolvimento na produção e finalização dos projetos.

Cara, eu nunca tinha pensado na minha vida tirar um período sabático. Não tinha essa possibilidade. Até, hoje, não entendi (risos). Na verdade, o que aconteceu, sendo sincera, é que eu tava trabalhando muito. Eu mantinha um canal que eu tinha que produzir os conteúdos da minha cabeça, um total de 12 vídeos por mês, que era muita coisa. Tinha a rede social que a gente alimenta, muitos trabalhos ali na rede social também, o "Só toca top" (da Rede Globo), o "Vai Fernandinha" (no Multishow), que eu participava de toda a criação de roteiro, escolha de convidado, da edição final do programa e ainda escrevia as hashtags. Ou seja, era um processo muito intenso. Tive a honra de sempre trabalhar muito e aquilo depois de um tempo me deixou mentalmente cansada. Sabe quando você precisa de um iato para dar uma respirada?

Além do cansaço físico e mental com a rotina de gravações, a atriz ainda revelou que as viagens para a apresentação do espetáculo "Meu Passado me Condena" eram cercadas de tensão pelo seu medo de avião. Assim, a decisão de se afastar dos trabalhos para cuidar de si começou a gritar na cabeça.

Tinha feito cinco anos do "Meu Passado Me Condena" e era muito desafiador por causa do medo de avião na época. Para eu viajar, eu tinha que pegar avião, então, era sempre uma questão emocional ali envolvida. Todo voo era uma batalha. Só que eu não desistia, porque, sei lá, você tem uma plateia de cinco mil pessoas esperando num lugar. Como você não vai entrar no avião? E tudo isso vai emocionalmente e mentalmente sentindo uma necessidade de: "Cara, se eu posso, se eu tenho esse privilégio na vida de tirar um tempo, por que não fazer?". E aí eu fiz. Nessa jornada eu fui cancelando tudo.

Na verdade, eu não só não renovei a temporada do "Vai Fernandinha", que o Multishow entendeu, parei o canal, diminuí a rede social... O "Só toca top" eu já tinha dito que faria só uma temporada. Então, deu tudo certo e parei com a peça porque eu sabia que, com cinco anos, eu daria uma paradinha.

Ela explicou que a decisão de tirar o período sabático também ganhou apoio da família, amigos e do cantor Thiaguinho - que estava casada na época - e diz valorizar a sua escolha por ter noção que nem todos conseguem parar para se cuidar.

Aí, quando eu vi, eu já estava aqui nesta vida mais tranquila, olhando para dentro... Nunca é uma coisa só de fora e nem só de dentro, porque você vai dividir. Eu era casada com o Thi e ele super me apoiou. Falou: "Claro, se você pode, se você conseguiu conquistar esse lugar, usufrua dele" porque eu tenho total conhecimento de que esse é um lugar muito privilegiado. Então, eu quero experienciar isso. Então, foi um mix com uma vontade minha e as pessoas me apoiaram", detalhou.

Pausa até na rotina de exercícios

Fernanda Souza também não escondeu que a decisão de parar para descansar a fez dar um tempo da rotina de exercícios físicos. Apesar de não de orgulhar da escolha, a fase sem 'ter nada para fazer' foi muito celebrada.

Chegou uma hora que eu enchi o saco e, durante uns três anos da minha vida, eu não treinava. Me orgulho disso? Não me orgulho, mas fiz. Para quem estava acostumada a treinar, o que era gostoso era não fazer nada. Tem coisa melhor do que não fazer nada? Só que, ao mesmo tempo, treinar e o benefício que aquilo são muito gostosos também, então, sei lá, eu acho que eu preferi começar a me movimentar, até por uma questão de saúde mesmo. Eu sou muito focada na minha saúde. Por ter hipotireoidismo, eu faço exame de sangue com frequência, a cada quatro meses. Minha maior alegria é gabaritar o exame de sangue, saber que eu estou com as taxas em dia.