PUBLICIDADE
Topo

Morre o jornalista Eros Ramos de Almeida, aos 60 anos, no Rio de Janeiro

Jornalista Eros Ramos de Almeida faleceu aos 60 anos - Reprodução/Facebook
Jornalista Eros Ramos de Almeida faleceu aos 60 anos Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

10/06/2021 12h19Atualizada em 10/06/2021 12h24

Morreu ontem à noite o jornalista Eros Ramos de Almeida, aos 60 anos. Eros sofria de uma doença degenerativa desde 1995 e morreu em decorrência de septicemia, uma complicação grave de infecção.

O jornalista estava internado há duas semanas no Hospital São Lucas, em Copacabana, no Rio de Janeiro, segundo informações do RJ1, da TV Globo.

Eros começou como estagiário do jornal O Globo ainda em 1987. Ele passou por várias editorias no jornal carioca, ganhando destaque ao escrever críticas sobre cinema.

Eros Ramos de Almeida - Reprodução/TV Globo - Reprodução/TV Globo
Eros Ramos de Almeida foi diagnosticado com a doença degenerativa de Machado-Joseph em 1995
Imagem: Reprodução/TV Globo

Três anos depois de ser diagnosticado com a doença de Machado-Joseph, ele foi pai dos trigêmeos João, Caio e Clara.

A filha Clara Moretz fez um desabafo nas redes sociais e agradeceu pela criação e carinho.

Hoje eu vou me despedir de você, com a humanidade de que não te veremos sofrer mais e você vai brilhar e iluminar os nossos caminhos de longe. Eu ainda não aceito. Não aceito que todo esse karma tenha sido seu, não aceito que eu tenha sido pega de surpresa desse jeito. De fato a gente não se prepara pra morte, é impossível. Mas ser acordada um dia falando que seu pai tá internado, e hoje ter que decidir se insistiríamos no seu sofrimento ou te deixaríamos ir é desumano demais pra uma filha que ama tanto o pai. Que fez de tudo, todos esses anos pro pai sorrir.

Em outro post, chamando o pai carinhosamente de "Erão", ela desejou uma boa passagem.

Que sua passagem seja serena. Vai com Deus, Erão. Você vai sempre ser a pessoa que eu mais amo nesse mundo.