PUBLICIDADE
Topo

DJ processa Pocah e pede R$ 262 mil por direitos trabalhistas

Pocah e DJ Malukin  - Reprodução / Instagram
Pocah e DJ Malukin Imagem: Reprodução / Instagram

Do UOL, em São Paulo

16/06/2021 15h09

A cantora e ex-participante do "BBB 21" Pocah se tornou ré em uma ação trabalhista movida pelo seu ex-DJ, Daniel Gripp, mais conhecido como DJ Malukin.

Daniel, que afirma ter trabalhado por nove anos com a artista, procurou a Justiça após ter sido demitido durante a pandemia do novo coronavírus.

A ação, que tramita na 9ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro, cobra R$ 262 mil de Pocah, referentes a diretos trabalhistas.

Ao UOL, o DJ contou que tentou contato com a artista, mas não obteve resposta e por isso entrou com a ação.

Ela botou outro DJ para ensaiar, fez dois bailes, me tirou de todos os grupos e não me respondia mais. Eu simplesmente corri atrás dos meus direitos, tentei chamar ela no Whatsapp e no Instagram, ela não me respondia mais e eu entrei com essa ação contra ela. Disse Daniel

Fiquei mais indignado pelo fato de ela não vir falar comigo. Completou o DJ

Em despacho publicado na última sexta-feira (11), a juíza Daniela Valle da Rocha Muller determinou que as partes sejam notificadas e que Pocah, como ré, deve apresentar contestação em até 15 dias.

Também procurada pela reportagem, a assessoria de imprensa de Pocah afirmou que a cantora não tem ciência a respeito do processo.