PUBLICIDADE
Topo

Ator de 'Friends' revela luta contra câncer de próstata que o paralisou

James Michael Tyler, que interpretou Gunther em "Friends", fala sobre câncer de próstata - Reprodução/NBC
James Michael Tyler, que interpretou Gunther em "Friends", fala sobre câncer de próstata Imagem: Reprodução/NBC

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/06/2021 11h00

James Michael Tyler, conhecido por interpretar o personagem Gunther, gerente do café Central Perk na série "Friends", revelou que está enfrentando um câncer de próstata em estágio avançado.

O ator de 59 anos contou ao programa Today (NBC) que foi diagnosticado em setembro de 2018 e que a doença se espalhou para os seus ossos. Ele diz que o elenco da série sabe de sua condição e que não quis trazer o assunto à tona quando participou via zoom do reencontro dos atores. "Eu não queria chegar lá tipo: 'ah, a propósito, Gunther tem câncer'".

A doença foi descoberta em um PSA de rotina, exame de sangue que indica alterações na próstata recomendado a todos os homens a partir de 45 anos que deve ser feito anualmente.

Inicialmente, o tratamento trouxe bons resultados para o ator. Porém, durante a pandemia, seu câncer sofreu metástase e causou fraturas em seus ossos e tumores em sua coluna vertebral. Desde então, ele não consegue mais andar. "O prognóstico é, claro, como câncer em estágio avançado, que eventualmente é provável que irá acabar me pegando", afirma.

Quando perguntado pelo entrevistador o que gostaria de ter feito de diferente, Michael se emociona: "Eu teria ouvido a minha maravilhosa mulher, que tem sido a minha força, e teria ido [ao médico] mais cedo e diagnosticado antes".

Ele pede: "Na próxima vez que for fazer um check up, por favor, peça ao seu médico para fazer um teste PSA. Se [o câncer de próstata for] descoberto cedo, é 99% tratável".

E, por fim, espera usar sua experiência para conscientizar outras pessoas. "Meu objetivo no ano passado era ver o meu aniversário de 59 anos. Eu consegui isso. O meu objetivo agora é salvar pelo menos uma vida".