PUBLICIDADE
Topo

Íris Stefanelli migra de tribo em 'No Limite' e alfineta ex-colegas

No Limite: Tribo Carcará escolhe Íris para migrar de tribo - Reprodução/Globoplay
No Limite: Tribo Carcará escolhe Íris para migrar de tribo Imagem: Reprodução/Globoplay

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro

22/06/2021 22h59Atualizada em 23/06/2021 02h52

Íris Stefanelli agora faz parte da tribo Calango em "No Limite". Nesta noite, os integrantes da tribo Carcará precisaram escolher um integrante para migrar de grupo em uma votação aberta e, com o argumento do desempenho em provas, escolheram a loira.

Gui Napolitano chegou a empatar com Íris, os dois receberam três votos e os outros integrantes — Marcelo Zulu, Paula, Elana — tiveram que entrar em um consenso.

Após a mudança, Elana chorou ao perder a amiga de tribo. "Desde o início eu e a Íris temos uma ligação muito forte", lamentou ela, em lágrimas.

Antes da votação, a tribo Carcará recebeu o aviso de que deveriam levar todos os pertences para a prova do privilégio e começou a especular os motivos.

"Se a gente tiver que mandar alguém para a Calango, vai ser algo muito triste porque a gente criou um vínculo muito forte. Tenho certeza que foi isso que fez a gente ganhar tantas provas", disse Zulu.

Íris alfinetou os ex-colegas de tribo em sue novo acampamento. "Eu estou arrasada. Eu queria virar e falar 'que decepção, Viegas!'", disse ela.

Como uma Calango, a loira revelou os pontos fracos dos integrantes da tribo Carcará. "Ele tem 41 anos, dor na perna, dor no braço. Não pensem que ele é forte porque ele não é. Ele tem mais poder de mente do que força física", afirmou sobre Zulu.

"O Gui não gosta de tomar banho, Zulu não gosta. Viegas gosta, mas fica calado. Ali está valendo um banho para não ser votado. Eles falam de jogo 24h. Está valendo tudo", acrescentou Íris.