PUBLICIDADE
Topo

Jornalista da Zâmbia desabafa ao vivo sobre falta de salário em telejornal

Kabinda Kalimina interrompe jornal - Reprodução/Twitter
Kabinda Kalimina interrompe jornal Imagem: Reprodução/Twitter

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/06/2021 20h38Atualizada em 24/06/2021 10h57

Kabinda Kalimina, apresentador de um telejornal do canal KBN da Zâmbia, no sul da África, interrompeu a atração do último sábado, 19, para fazer um desabafo ao vivo sobre os atrasos de seu salário e de outras pessoas da equipe. A emissora alegou que o jornalista estava bêbado.

"Longe das notícias, senhoras e senhores. Nós somos seres humanos, nós temos que ser pagos. Infelizmente, na KBN, nós não recebemos o pagamento. Todos os outros não foram pagos. Nós temos que ser pagos", disse Kabinda na ocasião.

Neste momento, a emissora colocou outra imagem na tela para que interromper a fala do apresentador.

A KBN TV disse em um comunicado que o comunicador teria dado "um golpe para uma noite de fama" e que o mesmo estava sob o efeito de álcool.

"Estamos chocados com o comportamento de bêbado exibido por meio de um vídeo que se tornou viral nas redes sociais. Estamos determinados a descobrir como um apresentador bêbado de meio período ficou no ar sem ser interrompido e medidas serão tomadas contra qualquer um que possa ter feito parte do esquema", dizia um trecho do pronunciamento da emissora.

Kabinda Kalimina se pronunciou por meio de um vídeo divulgado em suas redes sociais e diz não ter se arrependido da atitude:

"Sim, eu fiz isso na TV ao vivo, porque a maioria dos jornalistas tem medo de falar", disse ele.