PUBLICIDADE
Topo

Chris Flores comemora vacinação contra covid-19 ao vivo: 'Negacionismo não'

Chris Flores comemora primeira dose da vacina contra a covid-19 ao vivo - Reprodução/Twitter e Reprodução/Instagram
Chris Flores comemora primeira dose da vacina contra a covid-19 ao vivo Imagem: Reprodução/Twitter e Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro

30/06/2021 18h13

Chris Flores, apresentadora do "Fofocalizando" de 43 anos, comemorou ao vivo hoje após tomar a primeira dose da vacina contra a covid-19. A jornalista mostrou registros do momento e fez um apelo aos espectadores:

Eu estava muito ansiosa, muito emocionada. Depois que eu desliguei a câmera, eu chorei muito sozinha. Não escolhi vacina, tomei a vacina que tinha porque é assim que tem que ser e é um ato de cidadania. A gente tem que fazer isso não só por nós mesmos, pela nossa saúde, mas sim pela comunidade, pela sociedade em que a gente vive. Chris Flores no "Fofocalizando"

"Se alguém está dizendo para você não tomar a vacina, essa pessoa não quer o seu bem, não quer que você fique vivo, viva e nem quer que você possa fazer com que os outros também fiquem. Claro que a gente pode pegar o vírus mesmo vacinado ou vacinada, mas isso faz com que a gente não vá para um sintoma mais grave e a morte também. Então, vamos vacinar, vacina sim! Deus abençoe, negacionismo não!", acrescentou Chris.

Em seu perfil no Instagram, a apresentadora publicou o vídeo do momento e também mandou um recado aos internautas de incentivo à vacinação e pediu para que, mesmo após a imunização, todos permaneçam usando máscara, fazendo distanciamento social e fazendo higiene das mãos.

Não foi só Chris Flores que celebrou a vacina ao vivo na TV. O jornalista Alan Severiano, âncora do "SPTV" e responsável pelo boletim sobre o coronavírus no "Jornal Nacional", recebeu a primeira dose da vacina contra a covid-19 ontem e comemorou ao vivo nos dois telejornais, além do Instagram.

Em 24 horas, 1.165.441 pessoas tomamos a primeira dose. E o verbo é esse mesmo, 'tomamos', porque eu entrei hoje nesse grupo. Vim até com gravata verde para simbolizar esse momento de esperança. Alan Severiano no "Jornal Nacional"