PUBLICIDADE
Topo

Andressa Urach defende voto em Bolsonaro: 'Meu direito de ser bolsominion'

Do UOL, em São Paulo

07/07/2021 13h56

Depois de ser chamada de "bolsominion" pela ex-Miss Bumbum Suzy Cortez, Andressa Urach defendeu seu posicionamento a favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) hoje no "Splash Show":

As pessoas lutam pelo direito de ser feminista, pelo direito de ser gay. Por que eu não posso lutar pelo meu direito de ser bolsominion? Andressa Urach

Para a modelo, seu posicionamento político não deveria afastar os fãs LGBTQIA+: "Eu amo os gays. Amo eles. Se eles não me amam, é entre eles. Se eles me abandonam por causa da minha opinião diferente na política, então eles não me amam de verdade".

Cada um tem sua escolha na vida, eu escolhi votar no Bolsonaro. Se as pessoas quiserem me cancelar, eu já fui cancelada quando eu nasci! Meu pai me rejeitou quando eu nasci, minha mãe me deu quando eu era criança, já estou acostumada.

Andressa ressaltou que não concorda com muitas falas do presidente, mas se importa com a parte econômica: "A minha opinião política não tem nada a ver com acolhimento. São coisas diferentes".

"Pensando em política hoje, a gente tá pensando em alguém que vai liderar nossa economia para o Brasil funcionar. Não é com amor que a gente come. A gente precisa fazer o Brasil se desenvolver, e não vai ser com alguém que vai roubar lá dentro."