PUBLICIDADE
Topo

Ex-Angel diz que foi aconselhada a usar cocaína e fazer sexo para emagrecer

A modelo Bridget Malcom tem se pronunciado sobre os abusos sofridos na indústria da moda - Reprodução/Instagram
A modelo Bridget Malcom tem se pronunciado sobre os abusos sofridos na indústria da moda Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/07/2021 12h18

Bridget Malcom, ex-modelo da grife Victoria's Secret, revelou que foi aconselhada a usar cocaína e "fazer muito sexo" para emagrecer, quando ainda era menor de idade.

A ex-Angel relatou uma série de consequências traumáticas que teve de lidar devido aos abusos sofridos na indústria da moda.

"Quando fiz 18 anos, já tinha morado em três países, sozinha. Viajei para todos os continentes; exceto a Antártida. Fui preparada por muitos homens mais velhos. Fui assediada sexualmente múltiplas vezes", disse Bridget em um vídeo publicado em seu TikTok.

Meu agente me disse para usar cocaína para emagrecer. Me diziam isso toda semana; havia muita pressão para emagrecer nas minhas agências. Desenvolvi transtorno de estresse pós-traumático. Me disseram, quando eu era menor de idade, que era para eu fazer muito sexo para perder peso. revelou a ex-modelo.

Bridget relata ainda que teve dificuldades de lidar com a sua identidade de gênero, desenvolveu transtornos alimentares como anorexia e ortorexia, além de ansiedade e depressão. A jovem que hoje tem 29 anos ainda começou a desenvolver dependência em remédios para ansiedade e em sedativos.

Há quatro anos, ela teve um colapso nervoso: "Não pude deixar minha casa por um ano sem ter ataques de pânico e ansiedade severa. Também sofri com ideação suicida, o que foi aterrorizante", declarou.

Felizmente a australiana está em recuperação e se mantém sóbria há dois anos.

Estou feliz, equilibrada e forte e me sinto da melhor forma como já me senti. A verdade é que não podia falar sobre minhas experiências antes de chegar até aqui, porque eu tinha flashbacks intensos do transtorno de estresse pós-traumático, tinha ataques de pânico e não ficava bem.

"A única razão pela qual eu estou fazendo isso [se abrindo] é porque eu realmente acredito que a indústria da moda precisa mudar. Sou uma das modelos sortudas, pude ter uma longa carreira com a indústria da moda, mas meu trabalho não deveria incluir abuso. É por isso que estou me manifestando agora", finalizou Bridget.

@bridgetmalcolm

My Q and A is open to anyone who wants to ask me anything. But this is why I haven't spoken up before now.

? original sound - Bridget Malcolm

No fim do mês passado, a ex-modelo viralizou ao mostrar que um sutiã usado por ela em um desfile em 2016 não serve mais.

Eu encontrei o meu sutiã do Victoria's Secret Fashion Show de 2016. É tamanho 30A, hoje sou 34B, o que é saudável para mim (...) Eu fui rejeitada pelo Ed Razek no show de 2017, ele disse que o meu corpo 'não estava bom o suficiente'. Eu usava um 30B naquela época, olha como estava grande em mim. A tristeza nos meus olhos no show de 2016 quebra o meu coração.

Bridget Malcom no desfile Victorias Secret em Paris em novembro de 2016 - Reprodução/Divulgação - Reprodução/Divulgação
Bridget Malcom no desfile Victorias Secret em Paris em novembro de 2016
Imagem: Reprodução/Divulgação