PUBLICIDADE
Topo

Gentili rebate Sonza e exalta Anitta: 'Venceu sem projeção do marido'

Anitta e Luísa Sonza - Reprodução/Instagram
Anitta e Luísa Sonza Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

22/07/2021 18h49

Danilo Gentili rebateu uma declaração dada por Luísa Sonza em entrevista para Splash. Após a artista afirmar que a sociedade "tem medo de mulheres fod*s, que mostram a bunda", o apresentador lembrou da cantora Anitta.

"Mostrar a bunda qualquer uma mostra. O ser fod* é que é difícil. Exemplo de uma mulher fod* no ramo: Anitta. Ela venceu por ela mesmo, sem precisar da projeção do namorado ou marido", disse Danilo Gentili em publicação no Twitter.

A postagem do apresentador, que contou com uma indireta ao relacionamento de Luísa Sonza com o humorista Whindersson Nunes, foi criticada na rede social.

"Quanto machismo vindo de uma pessoa com visibilidade", apontou uma das seguidoras. "Como se o talento da Luísa fosse apenas isso", respondeu outra defendendo a namorada do cantor Vitão.

Ataques sofridos na internet

Luísa foi alvo de ataques recentes de haters nas redes sociais. No início de maio, após seu ex-marido Whindersson Nunes revelar que a decisão do término partiu dele, a cantora foi acusada de trair o comediante com o cantor Vitão e respondeu um seguidor negando o fato e dizendo estar cansada. Os dois se separaram em abril de 2020, após dois anos de casamento.

No último dia 31 de maio, o filho de Whindersson com Maria Lina, João Miguel, morreu após um nascimento prematuro. Novamente, Luísa foi alvo de xingamentos na internet, com pessoas apontando que a cantora teria culpa no fato. Antes, ela pediu para que seus fãs não xingassem seu ex-marido pelo término.

Em entrevista ao "Fantástico", Luísa Sonza afirmou que "não pode dizer que está totalmente recuperada" após os ataques sofridos nas redes sociais após a morte do filho do ex-marido Whindersson Nunes.

"Não vou mentir e fingir que está tudo bem, porque eu fingi por muito tempo", disse a cantora durante o programa exibido no último domingo (18).