PUBLICIDADE
Topo

Viúva de Nick Cordero responde críticas por retomar vida amorosa

Nick Cordero, Amanda Kloots e o filho Elvis - Noam Galai
Nick Cordero, Amanda Kloots e o filho Elvis Imagem: Noam Galai

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/07/2021 08h51Atualizada em 26/07/2021 08h54

Amanda Kloots, viúva do ator Nick Cordero, precisou vir a público para rebater as críticas que vem recebendo por retomar a sua vida amorosa. Ele morreu em julho do ano passado, por consequência da covid-19.

A dançarina falou sobre o assunto no programa "The Talk", do qual é co-apresentadora na emissora CBS, nos Estados Unidos. "Os meus dois maridos eu conheci fazendo shows na Broadway. Nos tornamos amigos e depois nos casamos. Óbvio, tive um filho com Nick. Mas nunca fui a dates. Eu acabei de começar a ir a dates e é tão louco fazer isso pela primeira vez aos 39 anos. É bastante assustador, me tirou da minha zona de conforto e é difícil. É difícil", explicou ela, que também foi casada com o ator David Larsen.

Através de seu Instagram, ela mostrou mensagens que recebeu por conta da revelação a respeito de sua vida sentimental. "Já saindo? Wow, isso foi rápido", disse a seguidora no print compartilhado por Amanda, que rebateu: "Como você ousa julgar alguém, especialmente uma pessoa passando por esse processo? Há muitas coisas pelas quais viúvas passam que não são comentadas", disse.

Em junho, Amanda deu uma entrevista ao "Yahoo Life" onde disse ter uma "relação espiritual" com Nick, mas que esperava encontrar um novo amor. "Estou totalmente aberta para encontrar o amor novamente. Eu amo o amor. Eu amo ser casada, estar em um relacionamento, ter um companheiro. Eu adoraria ter alguém na vida de Elvis que fosse aquela figura masculina para ele", disse ela.

Amanda prosseguiu, afirmando que Nick gostaria que ela se apaixonasse novamente: "Eu sei que Nick iria querer isso para mim. Eu sei disso porque eu iria querer isso para ele se a situação se invertesse e fosse eu... tenho esperança de que haja outra pessoa lá fora para mim. Eu realmente tenho. E quando eu estiver pronta, espero que Nick o traga para mim... tenho certeza que ele terá seus dedos no céu orquestrando algo".

Amanda também revelou que, após a morte do amado, ela se conectou ainda mais com Deus e aumentou a sua fé:

"Desde que Nick morreu, muitas coisas lindas aconteceram e coisas nas quais eu nem sei se eu necessariamente teria acreditado antes de perder meu parceiro. Mas agora estou tipo, 'uau'. Há tantas coisas lindas: sinais, coisas que Elvis [filho do casal] fez, sonhos que as pessoas tiveram, onde eu fico tipo, 'Nick está aqui, ele está perto de mim. Eu sinto'. Outras pessoas sentem isso. E é lindo".