PUBLICIDADE
Topo

Morre, aos 81 anos, o cantor de merengue dominicano Johnny Ventura

Johnny Ventura no Grammy Latino de 2019 - John Parra/Getty Images for LARAS
Johnny Ventura no Grammy Latino de 2019 Imagem: John Parra/Getty Images for LARAS

Do UOL, em São Paulo

28/07/2021 19h40Atualizada em 28/07/2021 19h50

Faleceu hoje, aos 81 anos, o cantor dominicano de merengue Johnny Ventura, de acordo com informações da CNN.

Jandy Ventura — filho do cantor — confirmou a morte do pai ao serviço em espanhol da emissora norte-americana. Johnny teria falecido após sofrer um infarto na Clínica Unión Médica, na cidade de Santiago (Chile).

Conhecido pelo apelido de "El Caballo Negro" (do espanhol, o cavalo preto), ele era dono de sucessos como "Cuarto de Hotel", "Que Canten Los Ninõs" e "Una Fotografia".

Johnny Ventura também teve uma carreira na política, alcançando os cargos de vice-prefeito (1994-1998) e prefeito (1998-2002) de Santo Domingo. Foi em sua gestão que a capital da República Dominicana foi escolhida como sede dos Jogos Pan-Americanos de 2003.

A primeira-dama do país, Raquel Arbaje, lamentou a morte de Johnny e afirmou que "hoje é um dia muito triste para o merengue e para a República Dominicana".

A cantora Natti Natasha — que canta "Te Lo Dije" com Anitta — também prestou homenagens no Twitter ao cantor, a quem chamou de "rei do merengue".

Prince Royce, que canta "Rosa" com Anitta", também se despediu de Johnny Ventura, assim como fez o governador de Porto Rico Pedro Pierluisi.