PUBLICIDADE
Topo

Marilyn Manson alega que acusação de estupro contra ele foi 'planejada'

Marilyn Manson aparece em cena de The New Pope - Reprodução / Twitter
Marilyn Manson aparece em cena de The New Pope Imagem: Reprodução / Twitter

Colaboração para o UOL, em São Paulo

29/07/2021 17h40

Marilyn Manson entrou com uma ação para que o processo por estupro e tortura feito contra ele pela atriz Esme Bianco, de Game of Thrones, seja recusada pelo juiz. Segundo o cantor, a acusação, além de falsa, teria acontecido "tarde demais" para que pudesse ser feita. O crime supostamente aconteceu em 2009.

O documento, obtido pelo site TMZ, diz que a atriz foi muito além da data-limite para levar o caso ao tribunal, e, por isso, não deveria ser ouvida pela corte.

O advogado de Manson ainda declara que as acusações de Esme fazem parte de um "ataque coordenado" de várias mulheres que, segundo ele, estariam "cínica e desonestamente" tentando explorar o movimento #MeToo, que denuncia casos de abuso sexual.

A equipe de Manson alega que a atriz "passou meses planejando e aperfeiçoando" sua história para criar um relato "distorcido que não condiz com a realidade".

O cantor não nega ter tido relações sexuais com as mulheres que o estão processando, mas afirma que foram todos consensuais.