PUBLICIDADE
Topo

Saída de Tarcísio Meira e Glória Menezes da Globo foi último ato na TV

Laysa Zanetti

Do UOL, em São Paulo

12/08/2021 12h01

A morte de Tarcísio Meira aos 85 anos, vítima de complicações da covid-19, comoveu fãs e amigos nas redes sociais. O ator e a esposa Glória Menezes encerraram o contrato com a Rede Globo em setembro de 2020, após mais de 50 anos contratados pela casa.

Tarcísio e Glória foram para a Globo em 1968, após terem estrelado outras novelas juntos na extinta TV Excelsior. Os dois se conheceram quando ensaiavam para uma peça de Antunes Filho, e são pais do também ator Tarcísio Filho, nascido em 1964. Sua jornada profissional foi uma das mais emblemáticas da teledramaturgia brasileira.

Tarcísio Meira morre em SP aos 85 anos; relembre história do ator em fotos

A carreira de Tarcísio Meira na Globo inclui clássicos como "Sangue e Areia" (1967), "Saramandaia" (1976), "Guerra dos Sexos" (1983), "Roque Santeiro" (1985), "Roda de Fogo" (1986), "Tieta" (1989), "O Rei do Gado" (1996), "Torre de Babel" (1998), "Um Anjo Caiu do Céu" (2001), "O Beijo do Vampiro" (2002) e "Senhora do Destino" (2004). Sua última atuação em novela foi em "Orgulho e Paixão", de 2018.

A saída da Globo foi justificada na emissora como parte de um professo de renovação dos talentos.

"Tarcísio Meira e Glória Menezes, com quem tivemos uma longa parceria de sucesso, têm abertas as portas da empresa para futuros projetos em nossas múltiplas plataformas", afirmou, em nota, em setembro passado.

Após o desligamento e o fim da exclusividade, o casal falou sobre o sentimento em entrevista ao programa "Conversa com Bial".

"Eu acho que a Globo está tomando novos e diferentes rumos, o que acho muito bom, acho ótimo. Agora, para nós mais velhos, o novo é sempre um desafio."

Ainda assim, durante o bate-papo, Tarcísio demonstrou gratidão pela trajetória que traçou na emissora carioca.

"Nos acomodamos bem na Globo. Fizemos boas coisas, bons trabalhos, e temos a certeza de que fomos muito importantes para a Globo, e ela foi muito importante para nós. Nós devemos muito à Globo."

Na ocasião, Meira declarou que ficou comovido pela reação dos fãs e da imprensa pelo fim do contrato.

"Uma coisa que foi muito carinhosa é que, quando divulgaram que nós não estávamos mais na Globo, as pessoas ficaram indignadas, perdidas, e recebemos milhares de manifestações carinhosas. A Globo até queria nos fazer uma homenagem, mas homenagem é coisa para post mortem (risos)."

Tarcísio estava internado no Hospital Israelita Albert Einstein por conta da covid-19. Além dos trabalhos da televisão e no teatro, o ator esteve em longas que marcaram a história do cinema nacional, como "O Beijo no Asfalto" (1980), de Bruno Barreto, em que ele dá um beijo no personagem de Ney Latorraca, e "A Idade da Terra" (1981), último filme de Glauber Rocha.