PUBLICIDADE
Topo

Famosos se posicionam contra e pró-Bolsonaro em dia de manifestações

Samantha Schmütz está entre os famosos que criticaram atos a favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido); Latino chamou as pessoas para a rua - Reprodução/Instagram
Samantha Schmütz está entre os famosos que criticaram atos a favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido); Latino chamou as pessoas para a rua Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/09/2021 10h48Atualizada em 07/09/2021 18h18

Famosos já começaram a se pronunciar sobre os atos marcados para este 7 de setembro. Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) devem ir às ruas de várias capitais do país defender pautas antidemocráticas, como o fechamento do STF (Supremo Tribunal Federal) e intervenção militar.

Enquanto alguns artistas se posicionaram contra as manifestações, outros convocaram pessoas para os atos.

Samantha Schmütz

Crítica do presidente, a atriz usou o Twitter para criticar o ato em Brasília.

"Fora Bolsonaro, bolsominions e seu bolsonarismo", escreveu. "Como pode pedir liberdade e intervenção militar na mesma passeata?", questionou Schmütz.

Duda Beat

A cantora Duda Beat também se posicionou contra o presidente.

"Bom dia com grito pró-democracia e fora Bolsonaro!"

Ingrid Guimarães

Ingrid Guimarães relatou medo com os protestos de hoje. "Nunca pensei que dia 7 de setembro pudesse ser um dia que gerasse medo. Onde chegamos...", lamentou.

A atriz também respondeu a uma pessoa que questionou se ela estava "em choque" devido aos atos pró-Bolsonaro. "Choque é chegar a quase 600 mil mortos, o resto vai passar", disse.

Bruno Gagliasso

Bruno Gagliasso questionou os atos. "Vão autorizar o mito a fazer o que hoje? Dar cloroquina pra ema?", ironizou o ator, que ainda comentou os caminhões no Palácio do Itamaraty.

Como será que os coronéis se sentem vendo esse monte de caminhão 0 km nas mãos dos apoiadores do 'minto', enquanto pilotam aqueles blocos de tétano ambulantes? Fica o questionamento.

Lázaro Ramos

Apesar de não citar diretamente o nome do presidente, Lázaro Ramos publicou um vídeo dizendo que a data é importante para celebrar a democracia — indo na contramão das pautas dos atos pró-Bolsonaro.

Batalhar sempre pelo direito ao voto, pelo respeito à constituição, contra a política do ódio, pelo respeito à vida por justiça social e pelo respeito à diversidade que somos.

Daniela Mercury

O mesmo fez Daniela Mercury ao postar um artigo publicado na Folha de S. Paulo.

"Faço parte dessa teia que nos une como brasileiros. Quero paz e democracia para lutarmos juntos, por igualdade e justiça e assim vencermos todos os desafios que temos que enfrentar como povo. Precisamos de solidariedade, respeito às diferenças e aos direitos humanos e a convicção que a democracia é o único caminho possível para o nosso país" escreveu a cantora.

A Constituição é o pacto social que escrevemos para nos guiar e proteger. Respeitar a Constituição é respeitar o acordo de convivência, de irmandade que nós escrevemos e escolhemos coletivamente.

Fábio Porchat

Para o ator, quem apoia o presidente atualmente é "ignorante ou mau-caráter".

"Se você ainda apoia o presidente Bolsonaro em 2021 ou você é ignorante ou mau-caráter ou os dois. Não há outra possibilidade", escreveu Porchat.

Armando Babaioff

O ator foi mais um dos que se manifestou contra o presidente. Babaioff sugeriu no twitter que já é a hora de dar entrada em um processo de impeachment contra Bolsonaro.

Fernanda Paes Leme

A atriz, crítica do governo de Bolsonaro, também se posicionou contra as manifestações e contra o presidente. "Neutro é sabonete de bebê", escreveu ela no Instagram.

Fátima Bernardes

A apresentadora do "Encontro" foi mais uma a criticar os atos a favor do presidente.

"O Brasil já tem muitos problemas: o desemprego, a fome, a pandemia, a inflação, o abandono escolar. Por que um ataque à democracia neste momento? Por que ameaçar as instituições? Por que estimular esse confronto?", escreveu.

Fátima - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Fátima Bernardes é mais uma a se posicionar contrária as manifestações
Imagem: Reprodução/Instagram

Latino

Do outro lado, Latino foi um dos famosos que convocou as pessoas para as ruas no dia de hoje.

Cantando uma paródia de "Me Leva", ele afirmou ser patriota. "Sou patriota sim! Não fico em cima do muro por conta de ideologias políticas. Sou Brasil", escreveu, acrescentando a hashtag #VemPraRua.

Andressa Urach

A vice-Miss Bumbum, que está grávida e disse que gostaria de nomear a criança de Bolsonaro, também chamou as pessoas para os atos.

"Manifestação das famílias pela liberdade. Esperamos cada um de vocês", declarou, publicando um clipe com falas do presidente.