PUBLICIDADE
Topo

Carelli diz que 'A Fazenda 13' terá oito câmeras ao vivo: 'Vai causar'

A Fazenda 13: diretor do reality diz que o público terá mais câmeras para assistir ao confinamento - Reprodução/A Fazenda
A Fazenda 13: diretor do reality diz que o público terá mais câmeras para assistir ao confinamento Imagem: Reprodução/A Fazenda

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/09/2021 22h16

Após 12 temporadas com reclamações pelo uso de uma câmera com sinal aberto em "A Fazenda", a décima 13ª temporada do reality show da RecordTV traz como novidade a inclusão de oito câmeras com sinal ao vivo para os fãs poderem assistir em tempo real o que acontece com os participantes.

Em entrevista ao podcast "Esquenta de A Fazenda", Rodrigo Carelli, diretor do reality, confirmou que a nova edição do programa de confinamento oferecerá mais câmeras ao vivo de tudo o que acontece na sede ao público.

Dessa vez, [A Fazenda] vai ter outra coisa. As pessoas vão acompanhar mais ainda do que sempre acompanharam porque vamos ter nove câmeras. São oito mais o pgm, que pra quem não sabe já é a imagem cortada como se estivessem indo para o ar, né? Serão oito câmeras mesmo com áudio e mostrando oito ambientes diferentes da sede. Ao todo, são nove imagens diferentes que as pessoas vão ver. O que vai causar mais polêmica ainda. Tem que inventar outra coisa pra reclamar de mim agora, porque reclamavam muito disso.

Carelli ainda fez questão de ressaltar aos fãs do reality que o elenco de "A Fazenda 13" tem tudo para superar os nomes da edição 12 do programa. "Realmente, a gente conseguiu juntar um elenco dessa vez mais quente do que da Fazenda 12, que já era muito quente e muito variado. Eu acho que as pessoas agora estão com sangue nos olhos para reality show. O fator competitividade está cada vez maior, mais acirrado", declarou.

Questionado se há como surpreender após 12 temporadas de "A Fazenda", o diretor do reality show diz que é possível e até necessário para 'quebrar as pernas' dos participantes que chegam ao confinamento achando que sabem tudo do jogo.

A gente tenta sempre trazer as novidades sem perder a essência do programa. As pessoas sempre esperam algo da Fazenda e não pode deixar de ter, que é a convivência, o fato deles terem de fazer a tarefa com os animais e isso gera conflitos lá dentro. Agora, sempre na mecânica, a gente vem com novidade para quebrar a perna do elenco. Depois de tantos anos com "A Fazenda" no ar, eles estudam o reality. A gente pensa no que vai pegar eles no pulo.

Sem papo de política

Nova apresentadora de "A Fazenda 13", Adriane Galisteu, de 48 anos, revelou com antecedência que os diálogos de política entre os futuros participantes do reality show sofrerão censura. Em entrevista ao "Morning Show", da Jovem Pan", Galisteu afirmou que as discussões sobre a situação política do Brasil atualmente geram ódio e serão cortadas por simplesmente não combinar com o perfil do programa: trazer entretenimento ao público.

Se tiver política, a gente corta, né, porque se tem uma coisa que não combina com reality show é discussão política, a gente quer discussão um com o outro. A gente quer a treta pegando fogo com o jeito de cada. Acho que a política não é entretenimento, não conta coisas divertidas, a gente não se emociona, só fica com raiva. Eu estou a fim de me divertir em cima do entretenimento.

"A Fazenda 13" estreia na próxima terça-feira (14), na RecordTV. Amanhã, dez participantes terão seus nomes revelados dentro do programa "Hoje em Dia".