PUBLICIDADE
Topo

Yudi chora ao lembrar da morte do pai, vítima da covid: 'Baque muito forte'

Teleton: Yudi Tamashiro chora ao falar da morte do pai - Reprodução/SBT
Teleton: Yudi Tamashiro chora ao falar da morte do pai Imagem: Reprodução/SBT

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/10/2021 22h20Atualizada em 23/10/2021 22h34

Convidado especial do "Teleton" (SBT), Yudi Tamashiro, de 27 anos, não conseguiu segurar às lágrimas ao lembrar da morte do pai, em março passado, devido a complicações da covid-19. O influenciador destacou que o importante é fazer o bem ao próximo para ajudar a ter um mundo melhor.

Inicialmente, o apresentador fez questão de destacar a importância das doações para ajudar pessoas carentes e revelou que procurou colaborar para a melhoria de vida de pessoas necessitadas quando seu pai estava doente.

"É muito louco porque, através do jogo, através do SBT, através da história que eu venho construindo, eu tenho aprendido demais. E, no momento mais difícil da minha vida, a forma que eu encontrei para me manter de pé foi ajudando ao próximo", disse, e chorou ao lembrar da morte do pai:

Agora, vai para o quinto mês que eu perdi meu pai e, para mim, foi bem difícil entrar no SBT, porque quem me acompanhava aqui era o meu pai. E entrar e encontrar todo mundo que me acompanhou durante todos esses anos... Foi um baque perder meu pai. Meu pai se foi, mas tenho certeza que ele está orgulhoso da gente — de mim, da minha mãe e da minha irmã. A verdadeira importância é usar seu nome para ajudar o próximo e faço questão de estar aqui por isso.

Ele ainda destacou que a fé tem o ajudado a curar a dor da perda do pai. "No dia em que meu pai morreu, eu fiz uma live para pregar a palavra de Deus e, nesta ação, eu entendi que, no momento em que você ama o próximo como a ti mesmo, a vida passa a fazer mais sentido", acrescentou.

Yudi reforçou ao público que fazer o bem ao próximo mesmo que seja com o mínimo é uma forma de se mostrar grato pelas conquistas da vida.

Todas as coisas que você vive não termina em você e sim dá continuidade às outras pessoas. Hoje, eu entendo a importância de a gente estar aqui, fazendo o Teleton em mais um ano. A verdadeira importância é você usar aquilo que você conquistou, aquilo que você tem para ajudar ao próximo.