Topo

Novelas

Claudia Ohana fica triste por não ser chamada de gostosa na rua: "Não pode"

Reprodução/Instagram
Claudia Ohana Imagem: Reprodução/Instagram

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

17/12/2018 04h00

Aos 55 anos e avó de dois netos, Claudia Ohana está com tudo em cima. A atriz conta que ainda não fez nenhum procedimento estético porque teme mexer muito no seu rosto, mas não descarta mudar no futuro.

A eterna Natasha de "Vamp" estará no elenco de "Verão 90", próxima novela das sete da Globo. A sua personagem, Janice, será mãe de Sergio Malheiros. Claudia está adorando relembrar alguns momentos dos anos 80 e 90 e conta o que mais sente falta.

"Sinto saudade da liberdade de expressão, das pessoas falarem o que quiserem, liberdade de ser quem você quiser", contou ela no intervalo de gravação da novela, nos estúdios Globo, no Rio.

"Minha mãe era do cinema, nasci neste meio e não existia um preconceito se você é pobre, tem carro. Antigamente era a ideia, a genialidade, a cabeça da pessoa era mais importante do que o dinheiro", completa.

Claudia compara o momento atual de radicalismo e revela, em tom bem-humorado, que sente falta de ouvir cantadas dos homens nas ruas.

"Acho que no momento está mais careta porque está radical demais, que é talvez para melhorar, ter um equilíbrio. Hoje em dia um homem fica com medo de chegar numa mulher que pode ser assédio, mas existe realmente o assédio, existe a violência, o que não pode existir", diz.

"Temos que ser um pouco radicais para saber o limite, onde começa. É uma pena, antigamente você andava na rua e várias pessoas assoviavam e chamavam de gostosa. Hoje não pode mais, você fica triste", disse, entre risos.

Segredo de beleza

Nas redes sociais, Cláudia tem recebido elogios pela boa forma.  "Eu falo , vou abusar do meu corpinho, utilizar enquanto eu posso", brinca.
 
O segredo, segundo ela, é dormir bem.

"Estamos todos envelhecendo, né? Mas eu me cuido. Durmo toda noite nove horas seguidas. Não sou muito de sair, não bebo, sou muito focada em mim, dança, malhar, alimentação."

Por enquanto, ela não pretende recorrer às cirurgias plásticas para rejuvenescer seu rosto. "Continuo com a mesma cara. Não tenho nada contra, até gostaria de fazer algumas intervenções, mas tenho muito medo de ficar com o rosto diferente. Meu maior medo de envelhecer não é nem físico, mas o interesse pelas coisas. Quando envelhecemos vamos perdendo o interesse pelas coisas, então tento buscar isso", conclui.