Resumo dos capítulos

A tropa de Afonso é atacada por ladrões

Crisélia e Afonso ficam frustrados com o fracasso da inauguração do aqueduto. Afonso se irrita quando Rodolfo sugere que Montemor ataque Artena. Augusto repreende Catarina ao notar que a filha quer se aproveitar da necessidade da água em Montemor para refazer o acordo com mais vantagens para Artena. Amália deixa claro para Virgílio que, mesmo após o casamento, continuará trabalhando. Lupércio avisa a Afonso e Rodolfo que não existe tratamento para a falta de memória de Crisélia. Crisélia anuncia a Afonso que ele assumirá o trono assim que voltar da expedição. Constância acusa Martinho de querer apressar o casamento de Amália e Virgílio. Crisélia demonstra ter maus presságios com a viagem do neto em busca de água. A tropa de Afonso é atacada por ladrões. Cássio não vê Afonso perseguir um dos ladrões e ser atingido por uma flecha. Catarina fica impactada quando Augusto lhe avisa que concedeu sua mão ao Marquês Istvan. Amália encontra Afonso ferido na floresta.