Resumo dos capítulos

Asher e Nebuzaradã lutam

Nebuzaradã vai até Zac e diz que Asher só continua lutando com tanto empenho porque acha que está lutando contra o assassino de seu pai. Zac fica tenso. Nabuco ordena que a luta recomece e eles recebem lanças para continuar. Daniel pega um pergaminho e começa a ler para Lia uma adaptação de Coríntios 13. Asher e Nebuzaradã lutam. Joana, no terraço, olha para o céu pensativa. Daniel pede Lia em casamento. Asher consegue derrubar Nebuzaradã e está pronto para mata-lo. Sammu se desespera, mas é impedida por Beroso. Evil pega uma espada e aponta para Asher, para impedi-lo. Asher diz que o verme tem que morrer e revela ao príncipe que o chefe da guarda ia deixa-lo morrer, e quem matou a leoa foi ele. Evil fica pasmo e Rabe-Sáris consegue tirar Asher de cima de Nebuzaradã. Zac vem para ajudar o irmão, mas ele, com ódio, diz que não precisa. Nebuzaradã, em um movimento ágil, pega a lança que está na mão de um guarda e atira para acertar Asher, que desvia. A flecha acerta em cheio Huy, o escravo de Aksumai, que cai morto. Todos impressionados. Aksumai, irritado, diz ao rei que exige reparação, pois o chefe da guarda matou seu principal escravo. Nabuco pede que o príncipe escolha o escravo que quiser e ele diz que quer o Lobo de Judá. Nebuzaradã, irritado, diz que Asher deve morrer, pois atentou contra sua vida. O rei não dá ouvidos e diz que o lobo de Judá agora é de Aksumai. Asher não aguenta mais e cai no chão, muito tonto.