Topo

Televisão

TV não tem interesse em fazer um novo "Castelo Rá-Tim-Bum", diz Rosi Campos

Divulgação
Rosi campos revive Morgana na peça "A Bruxa Morgana Contra o Infalível Senhor do Tempo" Imagem: Divulgação

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

19/06/2018 04h00

Faz 24 anos que Rosi Campos deu vida à divertida bruxa Morgana, a tia de Nino (Cássio Scapin), que vivia no "Castelo Rá-Tim-Bum". Mas a personagem nunca deixou a atriz de 64 anos. Este ano, Rosi voltou a vestir o figurino da bruxa eternizada pela série infantil da Cultura em um episódio do "Tá no Ar", na Globo, e também no teatro, onde está em cartaz com “A Bruxa Morgana Contra o Infalível Senhor do Tempo”, em São Paulo. Não que a atriz se queixe.

“O 'Castelo', graças a Deus, ainda tem esse legado eterno. Se você contar, tem mais de 20 anos. Se conseguisse fazer a Morgana até os 250 anos, faria”, orgulha-se a atriz, que também já reviveu a personagem no cinema, no filme “Castelo-Rá-Tim-Bum” (1999), em outras montagens e colaborou na exposição sobre o programa, que atraiu multidões ao Museu de Imagem e Som de São Paulo e no Memorial da América Latina.

Divulgação
Rosi Campos em cena do filme "Castelo Rá-Tim-Bum" Imagem: Divulgação
"Formamos [gerações] com qualidade. O programa era feito por professores da Escola da Vila [colégio paulistano de orientação construtivista], aquela coisa do tema era muito bacana porque você aprofundava. Você falava sobre o medo, mas ia para a literatura, para o teatro, para a dança. Foi tudo feliz, ninguém imaginava que a gente fosse fazer o sucesso que foi”.

Mesmo assim, Rosi não acredita que a televisão brasileira produzirá um programa parecido. “Tem espaço, só não tem interesse. Tanto que a Cultura não produz mais nada, porque não tem dinheiro. Na época do ‘Castelo’ eles não tinham nem departamento de marketing e deu 10 pontos de Ibope”, relembra.

João Miguel Júnior/TV Globo
Edson Celulari e Rosi Campos como Dom Sabino e Dona Agustina em "O Tempo Não Para" Imagem: João Miguel Júnior/TV Globo

Congelada no tempo

Com mais de 40 anos de carreira, Rosi Campos estreia em breve na TV como Dona Agustina, a matriarca da família Sabino Machado de “O Tempo Não Para” próxima novela das 19h da Globo.

Na trama fantástica, a família, uma das mais ricas do Brasil no século 19, fará uma viagem de navio que terminará em um acidente na Patagônia. Eles serão todos congelados e desembarcarão, num iceberg, no litoral de São Paulo, nos dias de hoje. Ao serem descongelados, eles precisaram se adaptar a um mundo completamente diferente.

A atriz diz estar feliz em interpretar uma personagem que consegue fazer uma ponte com o passado. “Nossa geração sempre cultuou o que veio antes da gente, sempre procurou aprender com os que vieram. Hoje em dia, as pessoas têm a mania de achar que estão inventando o mundo, o teatro o cinema, a sociedade, e não saber o que veio antes, o que é um erro crasso”.

Avessa às redes socias, a atriz vê algumas semelhanças com Augustina: "Para mim o mais divertido é eu ser resistente a esse mundo novo. Acho as redes sociais um saco! Não quero que ninguém saiba o que eu penso”.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!