Topo

Após eliminação, Ana Paula questiona suposto termo de contrato com a Globo

Do UOL, em São Paulo

07/03/2016 00h26

A jornalista Ana Paula Renault, eliminada do "Big Brother Brasil" depois de acertar dois tapas no rosto do companheiro de confinamento Renan, questionou um suposto termo do contrato que assinou com a TV Globo em uma conversa registrada pelo programa "Pânico", da Band.

A ex-sister disse que uma das cláusulas de vínculo com a emissora estabelece a punição tanto para o agressor quanto para o eventual provocador ao longo do reality show.

"Eu assinei um contrato [com a TV Globo] escrito 'se a pessoa fizer você perder as estribeiras para chegar ao ponto de dar nela, ela também estará eliminada'", explicou a mineira na entrevista, divulgada neste domingo (6) (assista no vídeo). A frase sugere que a jornalista também queria uma punição para Adélia, que jogou um copo de bebida alcoólica em seu cabelo poucos minutos antes da agressão em Renan.

Entrevista ao UOL
 

Em entrevista ao UOL, neste domingo, Ana Paula concordou que a expulsão dela foi justa e que não se arrepende de suas atitudes. "Eu desrespeitei as regras do programa, então, por esse lado, foi justa sim. Mas eu não fiz aquilo com maldade, com raiva. Não me arrependi porque eu não fiz com a intenção de agredi-lo. Mas quem me acompanhou sabe que não podia ser diferente em se tratando da minha personalidade", justificou.

 

Questionada se aguentaria ficar muito tempo no reality show caso não fosse desclassificada pela produção, Ana respondeu que já estava lutando contra seu limite. "Mas tinha prometido a mim mesma que ficaria até quando o público decidisse me tirar. Entrego nas mãos de Deus! Graças a Ele o público está me recebendo com muito carinho", ressalta.

 

A jornalista diz ainda que ficou muito surpresa ao deixar o "BBB" e descobrir que era uma das favoritas a ganhar o prêmio de R$ 1,5 milhão. "Foi inacreditável. Eu pensava que tinha voltado dos paredões porque estava defendendo meus aliados ou porque movimentava o jogo. Fiquei muito emocionada com o carinho", diz.

 

Entenda o caso

A confusão, ocorrida durante a Festa Trem Expresso, teve início quando Ana Paula passou a provocar Adélia, que minutos antes havia jogado cerveja em sua cabeça. Renan chegou para tentar afastá-la da amiga, os dois trocaram ofensas e, já bêbada, a mineira deu dois tapas no rosto do modelo. Assim que recebeu a agressão, Renan foi ao confessionário registrar a reclamação.

Ela foi comunicada de sua eliminação pelo diretor José Bonifácio Brasil de Oliveira, o Boninho, já na manhã de sábado. "Você desrespeitou a regra de não-violência. A senhora está eliminada", disse ele. A jornalista, que alegou não se lembrar dos tapas, arrumou as malas e embarcou ao longo do dia para a casa do pai, em Belo Horizonte (MG).

Após a eliminação

Ana Paula disse estar arrasada e decepcionada consigo mesma, depois de ter sido eliminada do reality show da Globo. "Estou arrasada e decepcionada comigo mesma. Estou arrependida, mas não tinha como ser diferente em se tratando de Ana Paula", disse ela, em entrevista ao site oficial do "BBB". "Não tinha jeito de me controlar. Estava com uma tensão monstra e vivendo de corpo e alma", completou.

Segundo Ana Paula, depois de ver as constantes bebedeiras da filha na casa, o pai disse que ela terá "que parar de beber esse tanto". "[Ele] quer que eu procure um médico", acrescentou.

"Desculpa ter vivido tudo tão intensamente e ter provocado minha expulsão. Eu me arrependo de ter decepcionado os meus fãs", afirmou a jornalista, em recado enviado aos fãs.

Mais cedo, a jornalista já havia publicado mensagens de agradecimento pelo apoio e carinho da torcida. "Gente, eu estou aqui na casa de papai e estou me inteirando de todas as coisas. Mas adianto que estarei sempre com vocês, que me deram esse apoio que não existe, bacana demais. Estarei sempre nas redes sociais, para conversarmos muito", contou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!