Topo

"Se o Viegas não tivesse sido imunizado, ia ele", diz Ayrton sobre paredão

Reprodução/GlobosatPlay
Breno e Ayrton conversam na área externa Imagem: Reprodução/GlobosatPlay

Do UOL, em São Paulo

19/03/2018 03h57

Durante a madrugada desta segunda-feira (19), após a formação de paredão, o líder Ayrton conversou com Breno sobre a votação. "Eu não defendo o Diego de ter falado da minha filha, mas ele tem o direito de conversar com ela. Ana Clara tem as justificativas de não conversar com ele", disse o patriarca da família Lima.

"Eu falei que ele era soberbo, que naquele momento tava sendo arrogante de achar que sabe tudo do jogo de todo mundo. Falei que ele era covarde, porque você combinar voto é covardia, porque você não dá chance da pessoa se defender, são três contra um", afirmou Ayrton.

"É um terceiro líder", concordou Breno. "Tô cansado de falar que se não quebrar esse trio, tá f*****. Eu já tô cansado de falar. Mas eu não voto no Wagner, tá?", advertiu o carioca. "Eu votava, eu votei uma vez. Mas hoje ainda não tenho essa coragem porque eu gostei do feedback dele", disse o goiano.

Ayrton falou sobre seus participantes preferidos na disputa: "Quem eu gostaria de estar na final: a própria Jéssica, mas não dá, agora não tem como. Mas é Gleici, Kaysar, Wagner, Paula e você, são as pessoas que eu quero tá bem próximo da final".

O carioca ainda confidenciou a Breno em quem ele gostaria de ter votado. "Se o Viegas não tivesse sido imunizado, quem ia era ele. Na minha opinião, eu colocaria ele".

Newsletters

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Quero receber