Topo

"Eu fiquei em cima do muro dessa vez", justifica Jéssica para Ayrton

Reprodução/GlobosatPlay
Jéssica e Ayrton conversam sobre o voto da sister na família Lima Imagem: Reprodução/GlobosatPlay

Do UOL, em São Paulo

03/04/2018 11h04

Na manhã desta terça-feira (03), Ayrton e Jéssica conversaram sobre a formação do último paredão e o voto da personal trainer na família Lima. O analista de sistemas voltou a dizer que está magoado e a personal trainer afirmou que ficou "em cima do muro".

"Eu não tô te cobrando voto no Viegas. Eu tenho direito de ficar magoado e é egoísmo meu achar que vocês tem que ter a mesma lealdade", disse o brother. A loira se justificou: "Se eu votasse nele, no Viegas, eu ia ser desleal com ele, eu ia ser falsa com ele, eu ia deixar ele magoado por tudo o que a gente tava conversando. Eu converso muito mais com ele do que com vocês. Isso não significa que eu não gosto de vocês. Eu fiquei em cima do muro dessa vez".

Ayrton disparou: "Você não vai ficar chateada se eu voltar do paredão e votar em você?" Jéssica não respondeu e continuou explicando. Em outro momento, o pai da família Lima disse que ela não é responsável pela presença dele e de Ana Clara na berlinda. "Quem me botou no paredão não foi você, foi o Kaysar. É egoismo meu achar que vocês tenham que ter a mesma lealdade", comentou.

"Mas eu quero que você saiba que o Wagner para mim é uma ameaça muito forte. O Viegas é a última ameaça. Quando o Viegas sair, vocês não vão votar no Wagner, na Gleici, na Paula", disse ela. "Quem te disse isso?", indagou Ayrton. "É nítido, a convivência diz isso", afirmou Jéssica. Após muitos questionamentos e explicações, os dois se abraçaram ao final da conversa.

Newsletters

Mauricio Stycer traz análises exclusivas sobre TV e Famosos.

Quero receber