Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Estreia confirma que Globo Repórter não precisa de duas apresentadoras

Mauricio Stycer

04/10/2019 23h41

Glória Maria e Sandra Annenberg na estreia como apresentadoras do Globo Repórter

Quando a Globo anunciou a aposentadoria de Sergio Chapelin e a sua substituição por Glória Maria e Sandra Annenberg no comando do Globo Repórter, muita gente se perguntou se havia necessidade para tanto. Afinal, são duas jornalistas muito experientes e a tarefa não é das maiores.

Nesta sexta-feira (04), na estreia da dupla, confirmou-se a impressão: parecia haver muita gente para pouco cenário e pouca coisa a dizer no estúdio da Globo. Cada uma falou meia dúzia de frases, num jogral bobo, a respeito da reportagem de Jorge Pontual sobre a cidade de Nova York.

O Globo Repórter é um programa de grandes reportagens, exibidas ao longo de 40 minutos, em dois ou três blocos. Não há muito o que anunciar. A rigor, nem seria necessário ter um apresentador, quanto mais dois.

Repórter do programa desde 2010, Gloria deverá continuar fazendo reportagens paralelamente à apresentação. E Sandra, igualmente, deve se aventurar pelo trabalho de campo. Menos mal.

A aposentadoria de Chapelin e a escalação de Sandra e Glória para a bancada do Globo Repórter foram anunciadas no mesmo dia em que a emissora comunicou que Maju Coutinho iria assumir o comando do Jornal Hoje.

Veja também
Sandra Annenberg faz estreia com Gloria Maria no Globo Repórter; web vibra
Saída de Sandra do Hoje reforça padrão da Globo sobre a idade das apresentadoras

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Mais Blog do Maurício Stycer