Topo

TV e Famosos

Novela da Globo para faixa das sete vai discutir perda da fama

Cheias de Charme/TV Globo
Filipe Miguez e Izabel de Oliveira: caminhos opostos na Globo Imagem: Cheias de Charme/TV Globo
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

10/07/2016 07h00

Filipe Miguez e Izabel de Oliveira, parceiros em “Cheias de Charme” e “Geração Brasil”, agora seguem caminhos diferentes na Globo.

Em voo solo, Miguez desenvolve sinopse de uma minissérie ainda sem data de exibição. Trata-se de uma história de crime passada nos anos 1950, nos bastidores do Circuito da Gávea, corrida de “baratinhas” que havia na época.

Já Oliveira trabalha em uma novela para a faixa das 19h, para exibição em 2018, em parceria com Paula Amaral que leva o título provisório de “Anos Incríveis”. O roteiro é sobre três ex-astros mirins que têm que conviver com a perda da fama, uma garota e dois irmãos. Eles foram estrelas de um programa infantil da TV. A história começa no início da década de 1980 e depois se desloca para os anos 1990.

Em tempo, “Cheias de Charme”, grande sucesso destes autores, estreia em setembro no “Vale a Pena Ver de Novo”.

*Colaboração de José Carlos Nery

Leia a coluna na íntegra

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos