Topo

Coluna

Leo Dias


Como Tati Zaqui impediu nova música de Anitta liderar o Spotify até ontem

Tati Zaqui e Anitta - Reprodução/Instagram
Tati Zaqui e Anitta Imagem: Reprodução/Instagram
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

26/11/2019 10h08

Resumo da notícia

  • Liderando as playlista do Spotify desde 22 de outubro, a música 'Surtada', de Tati Zaqui e Dadá Boladão, impediu que 'Combatchy' atingisse o topo.
  • O brega funk, estilo musical de 'Surtada', é o ritmo do momento e vem ganhando o Brasil. Até Leo Santana se rendeu a ele em 'Contatinho'.
  • A parceria entre Tati e Dadá foi excelente para os dois: ele passou a ser conhecido nacionalmente, e ela voltou a bombar como nunca.
  • O sucesso da funkeira é tanto que até Anitta já procurou Tati Zaqui para a realização de um feat, ao lado de Papatinho.

Quando Anitta lançou na quarta-feira passada (19) a música "Combatchy", ao lado de Luisa Sonza, Lexa e MC Rebecca, o primeiro lugar no Spotify era dado como certo. Mas ele não veio de imediato, e chegou apenas hoje, 26, ao primeiro lugar. O máximo que Anitta tinha conseguido antes foi o segundo lugar e chegou a amargar a sexta posição. Sabe por que? O brega funk é o ritmo do momento. E a música "Surtada", de Dadá Boladão com Tati Zaqui, liderou fácil o ranking da plataforma digital desde o dia 22 de outubro.

Há cerca de um ano, o brega funk começou a subir na preferência de quem usa a plataforma Spotify e não parou mais. Originalmente nascido em Recife, ele começou a ganhar o Brasil aos poucos. Uma de suas características mais importantes é uma batida chata que sempre vai coincidir com uma mexida de quadril, obviamente com associação sexual.

Leo Santana, que é o ser mais esperto e antenado da Bahia, chamou "Contatinho", seu hit com Anitta de "brega funk", embora não tenha a mesma batida. Mas não importa, Leo sabe o que o povo quer ouvir, por isso, como eu já disse aqui nesta Coluna, ele é um sobrevivente da música baiana.

A parceria desse moço, chamado Dadá Boladão, com Tati Zaqui tem um claro objetivo: entrar em uma outra bolha. Tati não emplacava um hit já algum tempo, mas ela tem personalidade e grande relevância no mundo do funk. Muito provavelmente, caro leitor, você já ouviu falar nela, mas só soube, agora, da existência desse Dadá. Pronto! Esse era o objetivo dele. Tati Zaqui, por sua vez, meu amor, não veio ao mundo a passeio. Fez uma mega divulgação, jogou a música em canais de dança e criou um tal de desafio na internet - algo irrelevante, mas que faz a música bombar. Pronto! Em pouco tempo, a música tinha estourado.

Lançada em 25 de setembro, "Surtada" já acumula impressionantes 77 milhões de visualizações no YouTube, um feito e tanto, que não dá para ignorar. Com ela, Tati Zaqui voltou a bombar como nunca e, obviamente, Anitta, que não engoliu não ter alcançado o primeiro lugar, já procurou a moça para um feat ao lado de Papatinho. Como o mundo gira, não é?!

Leo Dias