Topo

Coluna

Leo Dias


Thaila Ayala vira prostituta no cinema: "Tem um quê de loucura"

Thaila Ayala no Festival de Cinema de Brasília - Divulgação
Thaila Ayala no Festival de Cinema de Brasília Imagem: Divulgação
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

27/11/2019 01h30

Estrela do filme 'Lamento', que teve sua primeira exibição nesta terça-feira (26) no Festival de Brasília, a atriz Thaila Ayala vive na telona uma garota de programa, que desaparece misteriosamente. Ela conversou com a Coluna Leo Dias após a estreia e contou como foi a construção da personagem.

"Não construí a personagem baseada na profissão dela, que é uma garota de programa. Foquei na personalidade e no arco dramático dela: uma mulher cheia de dores, intensa, com uma tendência à submissão.", conta Thaila, que contracena com o ator Marco Ricca no filme, que tem direção de Diego Lopes. "Ela é alvo de obsessão do personagem do Ricca. Ele tem fascinação por ela, e a relação dos dois é muito densa. Tem um quê de loucura", diz a atriz.

Thaila revelou ainda que não tinha visto o filme por completo até então e ficou feliz com a repercussão que ele teve nesta primeira exibição. "Foi a primeira vez que vi o longa pronto, e amei o resultado. Também fiquei muito contente com o retorno do público que assistiu. O filme é um thriller, um tipo de filme que não é comum vermos no Brasil.", conta ela.

Divulgação
Imagem: Divulgação

Leo Dias