PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Thiaguinho vira "refém" do Tardezinha mesmo após fim de turnê

Thiaguinho no Tardezinha - Reprodução/Instagram/Divulgação
Thiaguinho no Tardezinha Imagem: Reprodução/Instagram/Divulgação
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

04/02/2020 13h06

O projeto Tardezinha foi um dos mais bem-sucedidos na história da música. Entre 2015 e 2019, quando chegou ao fim, passou por 51 cidades, teve 163 edições e foram vendidos mais de 1 milhão de ingressos. Ir ao Tardezinha virou moda entre os jovens, era referência para os jovens "descolados". E os empresários contratantes perceberam isso. E parecem não aceitar o fim do projeto.

Thiaguinho vem sendo contratado para fazer shows em ambientes, horários e estruturas semelhantes ao Tardezinha. Palco 360, bangalôs, enfim, tudo muito parecido ao projeto.

Esse "problema" tem acontecido principalmente em cidades por onde o projeto não passou. Thiaguinho acabou virando "refém" do próprio projeto.

O cachê de Thiaguinho, que é mais barato que o do projeto Tardezinha, gira hoje em torno de 100 mil reais.

A GloboPlay, em parceria com a Som Livre, lançará em breve uma série documental sobre o Tardezinha. Pelo visto, vai ser difícil o projeto ser esquecido pelos empresários.

Procurada para comentar sobre o 'problema', a assessoria de Thiaguinho enviou para a Coluna a seguinte nota: "Thiaguinho continua a fazer shows pelo Brasil em palco padrão, seja ele grande, médio ou de pequeno porte. Não se limitando a somente um formato como o do projeto Tardezinha, que funcionou e funciona muito bem, não só para os contratantes de roda de samba e pagode, mas para todos os gêneros musicais. Toda a cobertura de seus shows estão nas redes sociais do cantor."

*Com colaboração de Lucas Pasin

Leo Dias