PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Leo Dias

Testamento de Chico Anysio é anulado pela Justiça brasileira

Chico Anysio - Divulgação
Chico Anysio Imagem: Divulgação
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

10/03/2020 07h01

Morto em 2012, Chico Anysio deixou um patrimônio gigantesco, estimado em 150 milhões. Só que havia um grande detalhe nele, o humorista deixou de fora, (sabe-se lá por quais motivos) seu filho Lug de Paula, que ficou conhecido nacionalmente como Seu Boneco, do projeto do pai, a Escolinha do Professor Raimundo. O advogado de Malga di Paula, viúva de Chico, Carlos San Severino, ficou de esclarecer nesta terça-feira (10) o motivo da anulação.

Mas a Coluna do Leo Dias desconfia que o real motivo da anulação seja mesmo a retirada de um herdeiro de direito. Pela lei brasileira, você não pode deserdar um filho e retirar sua mulher da divisão de bens. A lei proíbe. Por exemplo, se Chico não quisesse que Lug ficasse com nada dele, ele deveria ter feito a divisão de bens em vida. Mas isso é bem raro.

Quem já dividiu seu patrimônio foi Silvio Santos, que, dizem, já delegou a para cada uma suas funções nas empresas. E, de quebra, deu R$ 100 milhões para cada uma.

"Na qualidade de advogados de Malga Di Paula, informamos que o testamento de Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho (Chico Anysio) foi declarado nulo por sentença proferida pelo Juiz da 2ª Vara da Família da Barra da Tijuca sob o fundamento de que o testador dispôs da totalidade de seus bens, o que contrariou disposição do Código Civil. Apresentamos recurso de Embargos de Declaração para que o Juiz esclarecesse alguns pontos da decisão, principalmente no que se refere ao imóvel do Edifício Golden Royal, sobre o qual nossa cliente busca o reconhecimento de sua propriedade exclusiva. O recurso foi rejeitado, tendo sido aberto prazo para recorrer para o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, prazo este que expirará no final da próxima semana", informaram os advogados Carlos Sanseverino e Denise Giardino em nota enviada à imprensa.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Leo Dias